G1 Mundo

Netanyahu rejeita proposta de nova trégua e insiste em ‘vitória absoluta’ sobre grupo terrorista Hamas

today7 de fevereiro de 2024 9

Fundo
share close

Em entrevista coletiva, Netanyahu rejeitou os termos do cessar-fogo e também insistiu na vitória sobre o Hamas, que aconteceria nos próximos meses.

Em reação, um oficial do Hamas disse que a resposta de Netanyahu à proposta de trégua evidencia a vontade do primeiro-ministro israelense de protagonizar conflitos na região.

O novo cessar-fogo proposto pelo Hamas tem duração de quatro meses e meio, liberação de todos os reféns, retirada das tropas de Israel na Faixa de Gaza e a entrada de ajuda humanitária na Faixa de Gaza. Também seria fechado um acordo para o fim da guerra, que acontece desde 7 de outubro de 2023.



A proposta do Hamas, cujo conteúdo foi publicado pela primeira vez pela Reuters, é uma resposta a uma sugestão anterior alinhada por chefes de espionagem de EUA e Israel e entregue ao Hamas semana passada por mediadores de Catar e Egito.

Haverá uma nova ronda de negociações da trégua nesta quinta-feira (8) no Cairo, no Egito, com a presença dos premiês do Catar, Estados Unidos e Egito, países que fazem o intermédio do cessar-fogo.

O oficial do Hamas Osama Hamdan informou que uma delegação do grupo terrorista palestino liderada pelo oficial Khalil Al-Hayya viajará na quinta (8) para o Cairo para participar da nova ronda de negociações de cessar-fogo.

Até a última atualização desta reportagem, não foi divulgado se haverá a presença de um representante de Israel nas negociações desta quinta no Egito.

O Hamas apresentou suas observações sobre a proposta para garantir um cessar-fogo permanente e abrangente, a entrada de ajuda para suprimentos alimentares e o levantamento do cerco a Gaza.

A proposta do Hamas, revelada pela Reuters, é uma resposta a uma sugestão anterior de trégua articulada por chefes de espionagem de EUA e Israel e entregue ao grupo terrorista na semana passada por mediadores de Catar e Egito.

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, discutiu a proposta pessoalmente com Netanyahu em Israel nesta semana. Blinken está no Oriente Médio e também conversou com líderes de Catar e Egito, que têm agido junto com os EUA como mediadores. Blinken se reuniu ainda com o presidente palestino, Mahmoud Abbas, em Ramallah.

Na primeira trégua, em novembro, os bombardeios em Gaza foram suspensos e houve troca de reféns sequestrados entre Israel e Hamas. 110 reféns, entre israelenses e estrangeiros, foram libertados pelo Hamas e Israel libertou 240 reféns palestinos.

Crise se espalha pelo Oriente Médio: entenda como os conflitos estão ligados entre si

Crise se espalha pelo Oriente Médio: entenda como os conflitos estão ligados entre si




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ex-presidente-chileno-sebastian-pinera-morreu-afogado-apos-acidente-de-helicoptero

G1 Mundo

Ex-presidente chileno Sebastián Piñera morreu afogado após acidente de helicóptero

O Serviço Médico Legal do Chile na cidade de Valdivia, no sul do país, realizou uma autópsia durante a noite em Piñera, que morreu aos 74 anos, antes de seu corpo ser enviado para receber honras de Estado na capital chilena nesta quarta-feira. "Como promotoria, estamos agora em condições de informar à comunidade que a causa médico-legal da morte do ex-presidente Sebastián Piñera é asfixia por submersão", disse aos repórteres […]

today7 de fevereiro de 2024 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%