G1 Mundo

Ninguém deveria ser preso por fumar maconha, diz vice-presidente dos EUA

today15 de março de 2024 6

Fundo
share close

A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, afirmou nesta sexta-feira (15) que “ninguém deveria ser preso por fumar maconha” enquanto discutia o assunto com o rapper Fat Joe e outros cidadãos perdoados após condenações envolvendo a droga.

Harris também disse que “muitas pessoas foram presas por simples posse de maconha“.

O presidente dos EUA, Joe Biden, tentará a reeleição em novembro e tenta ganhar o voto dos eleitores jovens, alguns deles insatisfeitos com a lentidão de suas reformas.



Harris pediu ao Departamento de Saúde e Serviços Humanos e ao Departamento de Justiça que reclassifiquem a maconha como uma droga menos prejudicial do que outras, caso da heroína.

“A maconha é considerada tão perigosa quanto a heroína e mais perigosa do que o fentanil, o que é absurdo, para não dizer patentemente injusto”, disse.

No ano passado, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos recomendou que a maconha seja reclassificada da “Lista 1” para a “Lista 3”, com potencial apenas moderado de causar vício. A decisão será tomada pelo Drug Enforcement Administration (DEA), órgão responsável pela repressão a drogas do Departamento de Justiça.    Quase 40 Estados norte-americanos legalizaram o uso da maconha de alguma forma, mas ela continua ilegal em outras unidades federativas e a nível federal.

Os EUA prendem mais pessoas do que qualquer outro país. Um a cada cinco dos 1,9 milhão de detentos estão atrás das grades por crimes relacionados às drogas.

Veja abaixo um vídeo em que a apresentadora Ana Maria Braga fala sobre maconha nos EUA.

'Único cheiro que senti aqui foi da maconha’, diz Ana Maria Braga em viagem aos EUA

‘Único cheiro que senti aqui foi da maconha’, diz Ana Maria Braga em viagem aos EUA




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

trump-ganha-tempo-em-julgamento-de-pagamentos-a-atriz-porno

G1 Mundo

Trump ganha tempo em julgamento de pagamentos a atriz pornô

A defesa de Trump argumentou que precisava de um mês a mais porque a promotoria demorou para enviar evidências que encontrou e que devem ser analisadas também pelos advogados que representam o ex-presidente. O juiz Juan Merchan concordou e deu mais 30 dias para eles se prepararem. Trump enfrenta quatro processos criminais. A tática dele tem sido tentar adiar todos os julgamentos para que aconteçam após as eleições presidenciais, em […]

today15 de março de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%