G1 Mundo

No Japão, condenado à morte mais velho do mundo terá novo julgamento após décadas na prisão

today14 de março de 2023 11

Fundo
share close

Os advogados de Iwao Hakamada deixaram o Supremo Tribunal de Tóquio nesta segunda-feira após uma breve audiência, acenando com faixas e exigindo um novo julgamento, enquanto seus apoiadores gritavam: “Libertem Hakamada agora”.

“Esperei 57 anos por este dia e ele chegou”, declarou Hideko Hakamada, de 90 anos, irmã de Iwao e sua principal apoiadora. “É um peso que finalmente foi tirado dos meus ombros”, ela acrescentou.

Seu irmão passou mais de quatro décadas no corredor da morte depois de ter sido condenado em 1968 pelo assassinato quádruplo de seu chefe e três de seus familiares. Hakamada confessou o crime após semanas de interrogatórios na detenção, antes de se retratar. Desde então, ele nunca parou de afirmar sua inocência, mas a sentença foi confirmada em 1980.



O ex-boxeador foi libertado em 2014, depois que um tribunal admitiu dúvidas sobre sua culpa com base em testes de DNA e decidiu lhe oferecer um novo julgamento.

Mas, em 2018, uma nova reviravolta: em recurso da promotoria, o Tribunal Superior de Tóquio questionou a confiabilidade dos testes de DNA e cancelou a decisão de 2014, sem que Hakamada fosse mandado de volta para a prisão.

A Suprema Corte japonesa anulou então a decisão no final de 2020 que impedia Hakamada de ser julgado novamente na tentativa de obter sua absolvição.

O caso da acusação se baseou fortemente em roupas ensanguentadas, que surgiram mais de um ano após o crime. Mas o DNA encontrado nessas roupas não era de Hakamada. Além disso, de acordo com seus apoiadores, as roupas não serviam nele e as manchas de sangue eram muito recentes para serem relacionadas aos assassinatos.

“Não há nenhuma evidência além das roupas para identificar Hakamada como autor do crime, e é claro que há uma dúvida razoável” de sua culpa, declarou nesta segunda-feira o presidente da Suprema Corte de Tóquio, Fumio Daizen, citado pelo canal público de televisão NHK.

Opinião pública favorável

O Japão é, juntamente com os Estados Unidos, um dos últimos países industrializados e democráticos a ainda recorrer à pena de morte, apoiada com força pela opinião pública nipônica.

Pessoas próximas a Hakamada destacam as cicatrizes psicológicas nele deixadas depois de mais de quatro décadas em uma cela, temendo sua execução por enforcamento todos os dias.

Sua irmã Hideko explicou nesta segunda-feira durante uma entrevista coletiva que nunca mencionou os julgamentos com seu irmão.

“Só estou dizendo a ele para se consolar, porque recebemos uma boa decisão”, disse ela. “Eu só preciso ter certeza de que posso ver o novo julgamento começar.”

O processo, porém, pode levar anos se for interposto recurso especial, sistema contra o qual os advogados protestam. A Ordem dos Advogados do Japão saudou a decisão desta segunda-feira, “exortando os promotores a iniciar um processo para um novo julgamento sem apelar para a Suprema Corte”.

A Anistia Internacional saudou a decisão como uma “oportunidade há muito esperada para fazer justiça”.

“A condenação de Hakamada foi baseada em confissões obtidas à força e as outras provas contra ele levantam sérias dúvidas”, criticou Hideaki Nakagawa, diretor da filial japonesa da ONG.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

programa-cubatao-sinfonia-abre-inscricoes-para-cursos-gratuitos-de-musica-e-danca

G1 Santos

Programa Cubatão Sinfonia abre inscrições para cursos gratuitos de música e dança

O Programa Cubatão Sinfonia está com inscrições abertas para os cursos de música e dança, para novos alunos e alunos matriculados, até o dia 31 de março. Serão oferecidas 200 vagas para estudantes com idade entre 7 e 18 anos e também para a comunidade em geral. As atividades acontecerão nos núcleos Cota 200, Centro, Bolsão Nove e Vila Natal. As inscrições podem ser feitas de forma online ou presencialmente. […]

today14 de março de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%