G1 Santos

Noivo busca recomeço após luto de um mês por morte de ‘Musa do Caldeirão’: ‘éramos muito ligados’

today16 de dezembro de 2022 137

Fundo
share close

O noivo de Michelle Mibow, musa do ‘Caldeirão do Huck’ e um dos grandes nomes do carnaval paulista, que morreu há um mês vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico, tenta ‘recomeçar’ após a perda da companheira. Ao g1, nesta sexta-feira (16), o bombeiro Sergio Vieira, de 43 anos, contou que o casal buscava aproveitar cada momento, dos nove anos de relacionamento, como se fosse o último.

Michelle foi encontrada caída no chão da casa onde morava com Sergio, em Santos, no litoral de São Paulo. Conforme apurado pelo g1, o próprio noivo tentou reanimá-la, mas sem sucesso. Pouco mais de um mês após o ocorrido, o amor do bombeiro pela bailarina segue inabalável.

“Nós éramos muito ligados. Mesmo após eventuais discussões, que acontecem com qualquer casal, ficávamos juntos. Não existia isso de dormir no sofá. Se um precisava sair para ir até a esquina, beijava o outro, pois nunca sabemos o dia de amanhã. Por mais que eu tenha feito, sempre achamos que poderíamos ter feito mais”, lembrou Sergio.



Sergio Vieira e a noiva, Michelle Mibow, ficaram juntos por nove anos — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo Sergio Vieira, depois de sete anos de relacionamento, os dois decidiram morar na mesma casa. O bombeiro, que é pai de duas meninas – frutos de relacionamentos anteriores -, contou que, inclusive, chegou a pensar na possibilidade de ter filhos com Michelle.

“As meninas se davam muito bem com ela. Chegou até a ajudar a fazer o aniversário delas. No nosso caso, ela dizia: ‘Se eu ficar muito velha, não quero’. Mas, logo depois, voltava e perguntava: ‘E se acontecer?’. Eu pensava que, apesar de ter duas filhas, seria uma experiência totalmente nova ao lado dela“, comentou o bombeiro.

O pedido de casamento também foi um momento marcante na relação com Michelle. Durante a participação da bailarina em um programa de televisão, no Dia dos Namorados – celebrado no Brasil em 12 de junho -, em 2015, Sergio entrou no palco, vestido de bombeiro, e pediu a mão da companheira.

No início de dezembro, dias após a morte da companheira completar um mês, Sergio publicou, por meio das redes sociais, um texto de Michelle sobre relacionamentos. “Bem aventurado o amor sem traição, o amor leal, verdadeiro e companheiro. Se não for assim, não é amor. É desejo que passa, comodismo que cansa ou mentira que acaba”.

Sergio e Michelle moravam há dois anos juntos em Santos (SP), e chegaram a pensar em ter filhos — Foto: Arquivo Pessoal

Michelle era bailarina e coreógrafa. Durante a carreira no Carnaval Santista, foi rainha da bateria da Escola de Samba União Imperial e da Unidos dos Morros. Atualmente, era a madrinha da bateria Chapa Quente. A passista ainda foi coroada rainha do Carnaval Santista 2007 e rainha do Carnaval de São Vicente, em 2017.

Na capital paulista, Michelle também foi destaque do samba. Ela recebeu o título de princesa da Escola de Samba Vila Maria e foi musa da Águia de Ouro, duas das mais tradicionais agremiações do Carnaval de São Paulo.

A palavra que posso usar para definir a Michelle é ‘intensidade’. Ela fazia tudo dessa forma. Trabalhava, treinava e se alimentava de forma saudável, tudo com dedicação.

— Sergio Vieira, noivo de Michelle

Musa do 'Caldeirão' e passista do carnaval de SP morre após AVC

Musa do ‘Caldeirão’ e passista do carnaval de SP morre após AVC

Um dos pontos altos da carreira da passista foi em 2014, quando ela chegou a ser finalista do Musa do Caldeirão do Huck, da Globo. Em 2019, ela recebeu o prêmio ‘Estandarte Santista’, com cerca de 252.592 votos. O prêmio tem o apoio da TV Tribuna, afiliada da TV Globo e do g1 Santos e tem a finalidade de valorizar ainda mais os destaques do carnaval de Santos.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

carro-capota-e-deixa-motorista-ferido-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Carro capota e deixa motorista ferido no litoral de SP; VÍDEO

Acidente aconteceu nesta quinta-feira (15), em Santos (SP). Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima teve ferimentos leves. Carro capota e deixa motorista ferido em Santos, SP Um carro capotou e deixou o motorista ferido na tarde desta quinta-feira (15), em Santos, no litoral de São Paulo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, a vítima foi retirada do veículo com ferimentos leves. A causa do […]

today15 de dezembro de 2022 22

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%