G1 Mundo

O destino de uma águia com suástica nazista promove a discórdia no Uruguai

today19 de junho de 2023 10

Fundo
share close

A peça de dois metros de comprimento e 400 quilos seria destruída e fundida pelo prestigiado escultor Pablo Atchugarry para virar um símbolo de paz e união, conforme o desejo do presidente.

Anunciado na sexta-feira, o plano foi alvo da discórdia nacional e fez Lacalle Pou recuar no domingo, e justificar sua decisão de desistir dele.

“Se alguém quer gerar paz, a primeira coisa é gerar união e claramente isso não a gerou. Ainda mantenho que esta é uma boa ideia, mas cabe a um presidente ouvir e representar.”



O destino da águia nazista proposto pelo presidente foi rejeitado por integrantes de sua coalizão, pela oposição e por historiadores.

Águia nazista recuperada do encouraçado alemão “Almirante Graf Spee” da segunda guerra mundial exposta em 2006 nas ruas de Montevideu — Foto: MIGUEL ROJO/AFP

A maioria ofereceu argumentos parecidos, contrários à destruição de um objeto incômodo para o governo, mas que representa também o testemunho de um período sombrio da História e de uma das primeiras batalhas da Segunda Guerra.

O encouraçado alemão Graf Spee ostentava a águia com a suástica quando foi atacado por três navios da Marinha britânica, há 83 anos, na Batalha do Rio da Prata. O navio sofreu danos irreparáveis e acabou afundado pelo capitão Hans Langsdorff, que se suicidou para não ser feito prisioneiro.

Uma expedição privada resgatou em 2004 a águia de bronze do fundo do mar e tentou vendê-la, mas foi impedida após uma ação judicial impetrada pelo Estado uruguaio.

Presidente do Uruguai Luis Lacalle Pou discursa com a faixa presidencial ao tomar posse em 1 de março de 2020 — Foto: Mariana Greif/Reuters

Havia o temor de que a peça fosse parar nas mãos erradas e servisse de glorificação ao nazismo. Desde então, a Marinha tem a posse da águia e a mantém guardada num armazém, trancada em uma caixa de madeira.

A transformação do pássaro com o símbolo nazista em uma pomba enviaria, no entender de Lacalle Pou, a mensagem de que o Uruguai é uma sociedade de paz e unidade em tempos de divisão, violência e de guerra no mundo. O projeto, contudo, sinalizou o oposto. O presidente conseguiu, sim, aglutinar as vozes contrárias a ele.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guerra-na-ucrania:-a-situacao-na-linha-de-frente-dos-ataques-as-trincheiras-russas

G1 Mundo

Guerra na Ucrânia: a situação na linha de frente dos ataques às trincheiras russas

As tropas no front estão realizando ataques de sondagem, enquanto a maioria das forças da Ucrânia está sendo mantida na reserva, esperando por uma abertura grande o suficiente nas defesas russas para lançar um ataque maior e tentar recapturar terras tomadas pelos russos no sul do país. A luta tem sido dura, com grandes baixas de ambos os lados — que estão reivindicando vitórias. O avanço da Ucrânia no sul […]

today19 de junho de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%