Pleno News

O Senado deu um largo passo em defesa da tripartição de poderes

today24 de novembro de 2023 3

Fundo
share close

Marco Feliciano – 24/11/2023 16h46

Estamos vivendo novos tempos; são novas perspectivas, novas atitudes… enfim, um novo céu que se avizinha. Nosso Parlamento, após um longo tempo de leniência com a usurpação de suas atribuições pelo Judiciário, resolveu, em respeito aos verdadeiros donos do poder, o povo, agir. Até porque, o povo, há tempos, vem cobrando uma ação mais efetiva do legislativo a fim de que cada um se restrinja ao seu quadrado. Ou seja, o Executivo governa e gere a máquina pública, o Legislativo fiscaliza o executivo e na sua função precípua elabora e aprova leis, enquanto o Judiciário julga. Sendo assim, na figura do STF, a Corte máxima atua em questões constitucionais em defesa da Constituição promulgada pelo poder Legislativo, e que só pode ser emendada pelo Congresso Nacional.

Plenário do Senado Federal durante sessão Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Esta semana, o Senado da República deu um largo passo em defesa da tripartição de poderes, aprovando em plenário, em dois turnos, a proposta de emenda à Constituição, a (PEC) 8/2021. Essa emenda veta decisões monocráticas que suspendem a eficácia de leis ou atos dos presidentes dos demais poderes.

Isso quer dizer que, em atendimento ao grande clamor público, os legítimos e diretos representantes do povo deram esse grande passo. O que, sinceramente, espero seja seguido também na Câmara dos Deputados.

Creio que esse é só o começo. Grandes coisas ainda virão! Tenho em meu coração que os passos que tentam dar em direção ao comunismo ateísta, em breve deverão ser em marcha à ré, no restabelecimento de um país conservador nas bases judaico-cristã. Sim, um país que foi fundado aos pés da Cruz, que está fincado em pedras angulares, e que nada, nem ninguém, destruirá!



Finalizo agradecendo a Deus pela vitória no Senado. E que Ele derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todos os brasileiros que estão em paz e na espera!

Marco Feliciano é pastor e está em seu quarto mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Pacheco responde aos “ataques gratuitos” de ministros do STF

2 STF: Ministros sugerem renúncia de Jaques Wagner; Lula descarta

3 PEC que limita STF precisará de pelo menos 308 votos favoráveis

4 Senado: Pacheco garante que PEC que limita STF não é retaliação

5 Senado aprova PEC que limita decisões monocráticas do STF

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Marco Feliciano

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-faz-mutirao-de-atendimento-presencial-para-quitacao-de-dividas,-neste-sabado

Prefeitura de Guarujá

Guarujá faz mutirão de atendimento presencial para quitação de dívidas, neste sábado

Das 9 às 13 horas, o contribuinte pode comparecer no Paço Raphael Vitiello para aderir ao programa e não ter o nome incluído na lista de negativados dos serviços de proteção ao crédito Neste sábado (25), a Prefeitura de Guarujá fará um mutirão de atendimento presencial para auxiliar os contribuintes interessados no Programa de Recuperação Fiscal (Refis). O plantão acontecerá no Paço Raphael Vitiello (Avenida Santos Dumont, 640 – Santo Antônio, […]

today24 de novembro de 2023

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%