G1 Mundo

O youtuber preso após simular o próprio sequestro

today18 de fevereiro de 2024 10

Fundo
share close

De origem taiwanesa, os jovens estavam fazendo uma viagem pelo Camboja e foram presos e condenados no país.

O vídeo tinha imagens dos dois jovens sendo presos e apanhando de seguranças na cidade de Sihanoukville.

Mas as imagens eram falsas e eles foram presos após serem desmascarados por outros influenciadores.



Na segunda-feira (12), Chen – conhecido online como Goodnight Chicken – postou vídeos nos quais alegava que havia sido sequestrado com o amigo e que ambos precisavam de ajuda.

No dia seguinte, a esposa de Chen anunciou nas redes sociais que o marido havia desaparecido. Ele então postou outro vídeo alegando que eles estavam fugindo dos sequestradores e disse que havia sido ferido e por isso estava com parte da cabeça raspada.

Mas o público online começou a lançar dúvidas sobre a história.

O influenciador Liu Yu conseguiu identificar a localização de Chen usando as imagens que ele postou e mostrou que Chen parecia ter circulado uma área em vez de fugir como alegou.

Ele também questionou por que seus sequestradores teriam permitido que ele guardasse seu equipamento para transmissão ao vivo.

Logo depois, a dupla foi presa em seu quarto de hotel. Eles então foram exibidos pelas autoridades junto com adereços encontrados em seu quarto.

Um tribunal do Camboja disse na sexta-feira (16) que eles foram condenados por “incitamento à causa do caos na segurança social”.

O governo disse que os homens produziram vídeos com “conteúdo falso que afeta a honra, a ordem e a segurança” do país.

Ambos foram condenados a penas de dois anos e a pagar uma multa combinada de cerca de US$ 2 mil (R$ 9 mil).

Um relatório da ONU divulgado no ano passado estimou que cerca de 100 mil pessoas foram forçadas a trabalhar nestes esquemas fraudulentos no país.

A maioria das vítimas são homens da Ásia, mas alguns vieram de lugares mais distantes, como África e América Latina.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

israel-convoca-o-embaixador-do-brasil-apos-lula-comparar-guerra-em-gaza-com-holocausto

G1 Mundo

Israel convoca o embaixador do Brasil após Lula comparar guerra em Gaza com Holocausto

"As palavras do presidente do Brasil são vergonhosas e graves. Trata-se de banalizar o Holocausto e de tentar prejudicar o povo judeu e o direito de Israel se defender", disse Netanyahu, em uma publicação neste domingo (18) no X (antigo Twitter). "Comparar Israel ao Holocausto nazista e a Hitler é cruzar uma linha vermelha" O ministro das Relações Exteriores do país, Israel Katz, disse que ninguém irá comprometer o direito […]

today18 de fevereiro de 2024 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%