G1 Santos

OAB de Praia Grande cria canal de atendimento para acolher advogadas vítimas de violência

today20 de julho de 2022 14

Fundo
share close

Denúncia é realizada através de um e-mail oficial e o sigilo é garantido.

OAB de Praia Grande, no litoral de São Paulo, cria canal de atendimento para acolher advogadas vítimas de violência — Foto: Geovana Nogueira



A 132ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Praia Grande, no litoral de São Paulo, criou, por meio da Comissão da Mulher Advogada, um canal de atendimento e acolhimento para as mulheres advogadas, que estejam sendo vítimas de violência física ou psicológica.

A idealizadora do projeto e presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB Praia Grande, Amanda Mesquita, conta que, por atuar na militância pelos direitos das mulheres, entendeu a necessidade das advogadas vítimas de violência. “Há um estigma muito grande de que nós mulheres advogadas não passamos por isso, por sermos conhecedoras do Direito, o que não é verdade”, explica.

Ela acrescenta ainda que as mulheres advogadas estão submetidas a todas as situações, como qualquer outra pessoa. Por este motivo, também há a vergonha de expor, e o medo das consequências e do agressor.

A presidente da comissão afirma que quando são colocadas em uma situação de vulnerabilidade, como no caso de um relacionamento abusivo, o conhecimento é zero. “Parece que esquecemos tudo que sabemos”, conta.

O canal de acolhimento é feito através de um e-mail oficial da OAB de Praia Grande, sosmulheradvogada@oabpraigrande.org.br, e o sigilo é garantido. As mensagens chegam diretamente para a presidente, que realiza uma triagem do caso, para entender se trata de uma violência doméstica, ou no âmbito do trabalho. Após isso, as medidas cabíveis, de acordo com a vontade da vítima, são tomadas.

“A comissão por muito tempo foi um espaço de chá da tarde e ‘clube da Luluzinha’. Nossa missão é desmistificar isso, e tornar a comissão um espaço de acolhimento e um local onde todas se sintam pertencentes”, finaliza.

A vice-presidente da OAB de Praia Grande, Natália Bezan, acredita que esse projeto é pioneiro na região, e possui uma grande importância para as mulheres advogadas. “Através desse canal, a mulher advogada poderá ser acolhida e orientada sobre o que deve fazer. Sem que haja qualquer exposição dela ou da situação”, disse.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

policial-militar-reformado-e-morto-com-tiro-na-cabeca-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Policial militar reformado é morto com tiro na cabeça no litoral de SP

Crime aconteceu em São Vicente, nesta quarta-feira (20). Polícia suspeita da participação de três criminosos, que fugiram após o disparo. PM reformado morre após disparo na região da cabeça em São Vicente — Foto: Reprodução O policial militar reformado Amável Pinheiro Correa, de 71 anos, morreu nesta quarta-feira (20) após ser atingido por um tiro na região da cabeça em São Vicente, no litoral de São Paulo. A Polícia Militar […]

today20 de julho de 2022 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%