G1 Mundo

‘Ovelha mais feia do Reino Unido’ é encontrada morta após 19 dias desaparecida

today30 de janeiro de 2023 21

Fundo
share close

Os proprietários da ovelha Scuzzy, chamada nas redes sociais como a “ovelha mais feia do Reino Unido” estão de luto após ela ter sido encontrada morta no último dia 25. Scuzzy, de apenas nove meses, foi vista pela última vez em 6 de janeiro.

Nascida com feições deformadas, Scuzzy estava aos cuidados de Michelle Pouton, de 60 anos, desde o seu nascimento, como um animal de estimação da fazenda.

Scuzzy foi vista pela última vez em um campo perto de sua casa, nas proximidades de St Oswald’s Way, nos arredores de Rothbury. A família ficou devastada com o desaparecimento dela.



Ela foi uma das quatro ovelhas que nasceram, mas foi a única com o rosto desfigurado, segundo Michelle Pouton.

“Eu instantaneamente passei a amá-la e a criei como um animal de estimação. Ela nunca quis estar com as outras ovelhas e apenas me seguia pela fazenda”, disse.

Segundo Michelle, Scuzzy tinha dificuldade para se alimentar por causa da boca torcida. Mas, apesar da feição carrancuda, ela era um animal feliz.

Ela nunca se distanciava mais que 200 metros da casa da fazenda. Por isso, Michelle suspeita que a ovelha tenha sido levada por alguém que não sabia que ela tinha uma casa e uma família para cuidar dela.

“Ou alguém a roubou por causa de sua aparência e pensou que ela daria um animal de estimação engraçado”, disse.

A ‘ovelha mais feia do Reino Unido’ se chamava Scuzzy — Foto: Michelle Pouton/SWNS

Michelle chegou a lançar uma campanha no Facebook com fotos do animal de estimação para que pudesse reencontrá-lo.

Michele ainda entrou em contato com uma instituição de caridade animal, que ofereceu uma recompensa por informações que trouxessem o animal de volta.

“Estou arrasada que ela se foi. Só posso pensar que talvez alguém a tenha visto e sentido pena dela, então a levou sem saber que ela era um animal de estimação amado”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

sobe-para-58-o-numero-de-mortos-em-protestos-no-peru

G1 Mundo

Sobe para 58 o número de mortos em protestos no Peru

Victor Santisteban Yacsavilca, de 55 anos, foi ferido gravemente na cabeça enquanto se manifestava na rua Abancay, no centro histórico de Lima. Ele morreu no hospital na noite de sábado. Outro homem também foi ferido e está internado em uma unidade de terapia intensiva. Em outra área do centro histórico, próximo a Plaza San Martín, centenas de manifestantes permaneceram até tarde da noite. Vários começaram a dançar, outros fizeram uma […]

today30 de janeiro de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%