Gospel Prime

Pablo Marçal pede perdão para Malafaia por suas críticas

today31 de maio de 2022 23

Fundo
share close

O pré-candidato à Presidência da República, Pablo Marçal (PROS), gravou um vídeo nesta terça-feira (31) pedindo perdão ao pastor Silas Malafaia, presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), por suas críticas.

Na semana passada o pastor assembleiano gravou um vídeo criticando a postura de Marçal, depois de ter sido criticado pelo pré-candidato. Malafaia disse que o pré-candidato tem “sintomas de doença mental grave”.

Em resposta, Pablo Marçal decidiu gravar um vídeo pedindo perdão para o pastor Silas Malafaia, reconhecendo que errou ao atacar o pastor, que havia acusado ele de pertencer a maçonaria e que estava falido.

Marçal também se desculpou com o youtuber Nando Moura e com o presidente da República, Jair Bolsonaro, que vinha criticando nas últimas semanas. Ele também afirmou que não desistirá de sua candidatura.

Assista:






Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

perseguicao-a-gusttavo-lima-e-um-recado-de-ameaca-aos-conservadores

Pleno News

Perseguição a Gusttavo Lima é um recado de ameaça aos conservadores

Marisa Lobo - 31/05/2022 12h01 Gusttavo Lima Foto: Marcos Maldi / AgNews O que estamos vivenciando hoje, no Brasil, é muito mais grave do que alguns imaginam. A perseguição político-ideológica se tornou uma ameaça real e atuante contra os conservadores, algo que, na prática, já vem causando estragos e serve de alerta para todos nós. O que o cantor Gusttavo Lima tem enfrentado nos últimos dias é uma prova de […]

today31 de maio de 2022 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%