G1 Mundo

Papiro de 2 mil anos com contracheque de soldado romano é descoberto em Israel

today17 de fevereiro de 2023 35

Fundo
share close

Um papiro latino com o contracheque detalhado de um soldado do Império Romano foi descoberto no leste israelense, perto do Mar Morto, informou a Autoridade de Antiguidades de Israel na quarta-feira (15). O artefato data do ano 72 e foi encontrado em uma antiga fortificação conhecida como Massada.

O pergaminho faz parte de uma coleção de pelo menos 14 documentos latinos recuperados em vários estados de preservação na região. Segundo os especialistas, este é o papiro o mais bem preservado de Massada e um dos três únicos holerites descobertos em todo o Império Romano.

“O contracheque desse soldado incluía deduções para botas e uma túnica de linho, e até mesmo para forragem de cevada para seu cavalo”, afirmou Oren Ableman, pesquisador da Unidade de Manuscritos do Mar Morto da Autoridade de Antiguidades de Israel, em comunicado.



Além disso, o papiro fornece um resumo detalhado do salário do soldado em dois dos três períodos de pagamento anuais.

“Surpreendentemente, os detalhes indicam que as deduções quase ultrapassaram o salário do soldado. Embora este documento forneça apenas um vislumbre das despesas de um único soldado em um ano específico, [fica] claro que, considerando a natureza e os riscos do trabalho, os soldados não permaneciam no exército apenas pelo pagamento”, disse o especialista. “Quais eram seus outros incentivos?”

Ableman explicou que talvez os soldados romanos fossem autorizados a realizar saques durante campanhas militares, ou talvez estivessem envolvidos em outros negócios.

A segunda alternativa, por exemplo, é corroborada por um documento do mesmo período encontrado anteriormente na região. Este outro papiro registra o empréstimo realizado entre um soldado e um residente da área — e mostra que o oficial romano cobrava juros muito mais altos do que o permitido.

“Este documento reforça o entendimento de que os salários dos soldados romanos poderiam aumentar por fontes adicionais de renda, tornando o serviço no exército romano muito mais lucrativo”, afirmou.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-polemico-fim-das-vagas-exclusivas-para-mulheres-em-estacionamentos-da-coreia-do-sul

G1 Mundo

O polêmico fim das vagas exclusivas para mulheres em estacionamentos da Coreia do Sul

As vagas exclusivas foram criadas em 2009, após uma série de crimes violentos — a maioria delitos sexuais contra mulheres — em estacionamentos subterrâneos. Mas as autoridades da cidade dizem que esses espaços não são mais necessários e serão convertidos em vagas de estacionamento para famílias. Os críticos dizem que sua remoção é apenas o exemplo mais recente de políticas antifeministas na Coreia do Sul. Chung Eun-jung, de 55 anos, […]

today17 de fevereiro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%