G1 Santos

Pastor é preso por estuprar sobrinha para deixá-la jogar videogame

today6 de fevereiro de 2024 9

Fundo
share close

Homem de 39 anos era procurado da Justiça de Cajamar (SP), onde praticou o crime. Ele foi encontrado por policiais civis de Peruíbe (SP) próximo a um cemitério.


Pastor foi preso após estuprar sobrinha, de 11 anos, em troca de deixá-la jogar videogame, em Peruíbe (SP) — Foto: Reprodução e Polícia Civil/Divulgação



Um pastor de igreja, de 39 anos, foi preso, em Peruíbe, no litoral de São Paulo, por estuprar a sobrinha, de 11, em troca de deixá-la jogar videogame. Conforme apurado pelo g1, nesta terça-feira (6), o crime aconteceu em Cajamar (SP) e foi descoberto pela professora da menina, que a ouviu conversar sobre pedofilia com colegas. A docente chamou a criança e ouviu que ela era estuprada desde os 8 anos.

O homem era procurado pela Justiça há dois anos, desde que o crime foi registrado. Uma equipe de investigadores da Polícia Civil de Peruíbe foi informada de que o foragido estava próximo a um cemitério no Jardim Itatins, onde foi capturado.

A prisão foi realizada por agentes do DP Sede e da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do município na última segunda-feira (5). Ele foi conduzido à delegacia e, na sequência, conduzido à penitenciária.

À polícia, a mãe da menina disse que foi chamada na escola pela diretora após uma professora ter escutado a vítima conversando com colegas sobre abuso sexual e pedofilia.

A docente chamou a criança para conversar e ela confessou que era estuprada pelo tio — cunhado da mãe — desde os oito anos. A professora a encaminhou a diretora para quem a menina também relatou o ocorrido.

O homem dizia para a menor que só jogaria videogame se fizesse sexo com ele. A polícia requisitou exame sexológico da vítima.

O caso foi registrado em 6 de maio de 2022 na Delegacia de Polícia de Cajamar como estupro de vulnerável. O pedido da prisão preventiva foi expedido em 16 de agosto do mesmo ano.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

video-mostra-falso-massagista-apertando-seios-e-nadegas-de-mais-uma-vitima

G1 Santos

Vídeo mostra falso massagista apertando seios e nádegas de mais uma vítima

O homem, de 44 anos, foi detido após entrar em estabelecimentos do município se passando por massagista e oferecendo uma amostra de seus serviços. As mulheres que aceitavam eram assediadas. Durante o 'atendimento', ele levava as mãos às partes íntimas delas. O g1 apurou que ao menos quatro boletins de ocorrências por importunação sexual foram registrados contra ele. O caso referente às imagens acima aconteceu em 19 de janeiro, na […]

today6 de fevereiro de 2024 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%