G1 Mundo

‘Peguei a faca e joguei o mais longe que pude’, diz baiano que ajudou carioca a parar ataque contra crianças na Irlanda

today30 de novembro de 2023 6

Fundo
share close

Eder Santos é natural de Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia, e mora na Irlanda. Ao relembrar como estava uma das vítimas, o baiano não conteve as lágrimas.

“A criança estava com a mão sangrando, o rosto sujo de sangue e com o olhinho entreaberto”, detalhou emocionado.

Ele contou que estava a caminho de casa, de bicicleta, quando viu a situação depois de escutar uma mulher gritar do outro lado da rua.



“Eu olhei e vi o homem golpeando o peito da cirança. Ele colocou a criança contra a grade e deu de três a quatro golpes de faca no peito da criança”.

“Eu desci da minha bicicleta, tinha outro rapaz que estava pedalando na minha frente, que era irlandês. Ele saiu correndo e eu [também] saí correndo para cima, para tentar parar o agressor”, complementou.

Policial isola área onde crianças foram esfaqueadas no centro de Dublin, na Irlanda, em 23 de novembro de 2023. — Foto: Clodagh Kilcoyne/ Reuters

Depois disso, o baiano disse que lembrava apenas da faca caindo no chão e a única cois que pensou naquele momento foi tirar o objeto do local para que o suspeito não fizesse mais vítimas.

Eu peguei a faca e saí correndo. Atravessei a rua, aonde estava minha bicicleta, e joguei a faca no mato, o mais longe que eu pude

— Eder Santos, baiano que ajudou carioca a parar ataque na Irlanda

Ao voltar para o local do ataque, Eder percebeu que “a situção estava controlada”: o agressor havia sido contido e estava sendo “protegido” por duas mulheres, para que não fosse linchado por populares. Além disso, o socorro e a polícia já haviam sido acionados.

Ainda conforme informou o baiano, uma pessoa que estava no local começou a fazer massagem cardíaca na criança que ele viu ferida e, em questão de minutos, chegou uma ambulância para socorrer as vítimas. Depois, a polícia chegou ao local.

O agressor foi preso e o governo irlandês ainda não identificou as motivações, mas disse não tratar o caso como terrorismo.

Antes do ataque na calçada, ele esfaqueou outras duas crianças e um homem dentro da escola. Não há detalhes sobre o estado de saúde dos feridos.

Digitais do baiano na faca do agressor

Baiano de Feira de Santana ajudou a deter ataque na Irlanda

Baiano de Feira de Santana ajudou a deter ataque na Irlanda

Na hora do ocorrido, Eder não havia se atentado que suas digitais ficaram registradas na faca do agressor. Mas, quando a adrelina diminuiu, ele entrou em choque e ficou sem saber o que fazer.

“Liguei para o colega que mora comigo, ele é irlandês, e falei: ‘aconteceu uma tragédia, vi um maluco atacando uma criança. Eu peguei na faca, eu me compliquei, e agora, o que faço? Vou para casa ou tenho que falar com a polícia?'”, questionou.

O colega de Eder tentou acalmá-lo por telefone e orientou que ele procurasse a polícia e relatasse o ocorrido, já que tinha sido testemunha do ataque.

“Voltei para onde estava a faca, mas já tinha um policial protegendo a faca e, do lado dele, tinha um francês de 17 anos, o Alan, ele entrou em luta corporal com o agressor. Ele se machucou, estava com um corte no rosto e a mão também estava machucada”, comentou.

“Eu falei para o policial que eu tinha pego a faca, eles [policiais] me levaram rapidamente para a delegacia e me trataram muito bem. Pediriam para que eu ficasse tranquilo. Prestei meu depoimento e, depois, eles me trouxeram para casa. Além disso, estão me dando todo o suporte psicológico, mas está sendo muito difícil para mim”.

Eder Santos foi recebido pelo primeiro-ministro irlandês Leo Varadkar — Foto: Arquivo Pessoal

As autoridades disseram que 34 pessoas foram presas durante uma série de manifestações anti-imigração. O homem que atacou a escola e foi derrubado por Caio seria estrangeiro.

Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.

Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

entidades-vao-a-oea-apos-decisao-do-stf-sobre-punicao-a-imprensa

Gospel Prime

Entidades vão à OEA após decisão do STF sobre punição a imprensa

A decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) desta quarta-feira (29), que permite a responsabilização judicial de empresas jornalísticas por entrevistas que imputem falsamente crimes a terceiros, será comunicada à OEA (Organização dos Estados Americanos) por entidades de imprensa. ABI (Associação Brasileira de Imprensa) e Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) assinarão o informe endereçado ao relator especial para a liberdade de expressão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), Pedro José […]

today30 de novembro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%