G1 Santos

Pelé em números: veja as conquistas profissionais e pessoais do Rei do Futebol

today29 de dezembro de 2023 7

Fundo
share close

O g1 fez um levantamento sobre a quantidade de jogos, gols e campeonatos da carreira do craque. Na vida pessoal, os filhos, os relacionamentos polêmicos e até filmes foram lembrados (veja abaixo).

  • Santos — que jogou de 1956 a 1974

    Jogos: 1.116

    Gols: 1.091

  • Cosmos — time de futebol dos Estados Unidos; que jogou de 1975 a 1977

    Jogos: 64

    Gols: 37

Quanto as partidas feitas na Seleção Brasileira, que jogou de 1957 a 1971, há dois números porque a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) considera algumas partidas, como amistosos, enquanto a Fifa só contabiliza jogos oficiais (veja abaixo).



  • Jogos, segundo a CBF: 113
  • Jogos, segundo a Fifa: 91

  • Gols, segundo a CBF: 95
  • Gols, segundo a Fifa: 77

Na total, de acordo com o Santos, o Rei marcou 1.282 gols na carreira. Já no Livro dos Recordes, o Guinness World Records, aparece 1.283 gols — número que ele próprio tratava como o correto.

Pelé também contabilizava gols de jogos não oficiais, como pela Seleção Militar, Seleção de São Paulo, Jogos Beneficentes e Sindicato dos Atletas de São Paulo.

Segundo o Guinness ainda:

  • A média de gols de Pelé em jogos oficiais é de 0,92
  • Pelé fez 92 hat-tricks (3 gols em um jogo)
  • Três clubes que mais levaram gols de Pelé:

    Corinthians: 50 gols

    Portuguesa e Juventus: 42 cada

Pelé segurando as taças da Copa do Mundo. — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Único jogador da história a ganhar três Copas do Mundo

1958, 1962 e 1970

Seis vezes artilheiro

Campeonato Sul-americano 1958/1959 (oito gols)

Campeonato Brasileiro Série A 1961 (sete gols)

Copa Intercontinental 1961/1962 (cinco gols)

Copa Intercontinental 1962/1963 (dois gols)

Campeonato Brasileiro Série A 1964 (sete gols)

Copa Libertadores 1964/1965 (oito gols)

Uma vez “O Melhor Jogador Jovem”

Copa do Mundo de 1958

Uma vez “Player of the Tournament” – Jogador do Torneio, em português

Copa do Mundo de 1970

Seis vezes campeão Brasileiro pelo Santos

1961, 1962, 1963, 1964, 1965 e 1968

Duas vezes vencedor da “Taça do Mundo” pelo Santos

1962 e 1963

Duas vezes campeão da “Copa Libertadores” pelo Santos

1961/1962 e 1962/1963

Uma vez “Futebolista do Ano da América do Sul” pelo Santos

1973

Duas vezes campeão da “Nasl Soccer Bowl Champion” pelo Cosmos

1976 e 1977

Sete filhos biológicos e uma socioafetiva

Filhos de Pelé — Foto: Reprodução

Filhos de Pelé com Rosemeri dos Reis Cholbi (1º casamento):

1.
Edson Cholbi Nascimento, o Edinho

2. Kely Cristina Cholbi Nascimento

3. Jeniffer Cholbi Nascimento

Filhas reconhecidas pelo Pelé:

4.
Flávia Kurtz Arantes do Nascimento, nasceu de um encontro que o Rei teve com a jornalista Lenita Kurtz

5. Sandra Regina Arantes do Nascimento Felinto (1964 – 2006), fruto de um relacionamento extraconjugal de Pelé com a doméstica Anísia Machado

Filhos de Pelé com Assíria Seixas (2° casamento):

6.
Joshua Seixas Arantes do Nascimento

7. Celeste Seixas Arantes do Nascimento

Filha socioafetiva

8.
Gemina Lemos Macmahon, filha de Assíria e irmã de Joshua e Celeste, reconhecida como filha do atleta

Pelé casou-se pela primeira vez em 21 de fevereiro de 1966, em Santos, com Rosemeri. O segundo casamento foi com a cantora gospel Assíria em Recife, em 1994. O terceiro com a empresária Márcia Aoki aconteceu em 2016 e durou até o fim da vida do Rei do Futebol.

Pelé teve vários amores. Na lista de paixões conhecidas, estão duas Miss Brasil: Deise Nunes, que nega o namoro, e Flávia Cavalcante. Um dos relacionamentos mais famosos, foi com a Xuxa. Na época, ela tinha 17 anos e ele 41.

Pelé e Xuxa durante o 36º Festival Internacional de Cinema de Cannes, na França, em maio de 1983 — Foto: Ralph Gatti/AFP/Arquivo

Por fim, Pelé também teve um relacionamento com a jornalista Lenita, mãe de Flávia. O teste de DNA aconteceu depois que a menina completou 18 anos.

Pelé se formou em Educação Física pela Universidade Metropolitana de Santos (Unimes).

Pelé e os colegas em sala de aula — Foto: Arquivo A Tribuna

Uma vez Ministro do Brasil

Pelé foi Ministro dos Esportes entre os anos de 1995 e 1998, no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso.

Pelé foi ministro dos Esportes no governo de Fernando Henrique Cardoso — Foto: Antonio Scorza/Getty Images

Conforme apurado pelo g1, Pelé tem 34 obras musicais e 15 gravações cadastradas no banco de dados do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). As músicas do Rei mais regravadas foram “ABC do Bicho Papão”, “Pelé Agradece” e “Cidade Grande”.

De acordo com o Ecad, os herdeiros de Pelé continuarão a receber os rendimentos das músicas por 70 anos após sua morte, conforme a lei do direito autoral (9.610/98).

Pelé em gravação de música em SP — Foto: Arquivo pessoal

Confira 14 filmes que Pelé participou:

  • O Rei Pelé (1962)
  • O Barão Otelo no Barato dos Bilhões (1971)
  • A Marcha (1972)
  • Os Trombadinhas (1980)
  • Fuga para a Vitória (1981)
  • A Vitória do Mais Fraco (1983)
  • Pedro Mico (1985)
  • Os Trapalhões e o Rei do Futebol (1986)
  • Hot Shot (1986)
  • Solidão, uma Linda História de Amor (1989)
  • Mike Bassett: England Manager (2001)
  • O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias (2006)
  • Promessas de Guerra (2014)
  • Tirando o Atraso (2016)

Pelé em participação na novela ‘O Clone’ — Foto: Reprodução/Globoplay

Pelé também participou de documentários sobre a própria vida, como ‘O Rei Pelé’ (1962), ‘Isto É Pelé’ (1974), ‘Pelé Eterno’ (2004) e ‘Cine Pelé’ (2011). Além de já ter sido citado em mais outros 15, como ‘O Mundo aos Seus Pés’ (2006), ‘Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei’ (2009) e ‘Diego Maradona’ (2019).

Na televisão, o Atleta do Século participou das novelas Os Estranhos (1969), da extinta TV Excelsior, e O Clone (2001), da TV Globo.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

um-ano-sem-pele:-edinho-conta-historia-inedita-sobre-‘teste-de-fogo’-com-pai-antes-de-virar-jogador-profissional

G1 Santos

Um ano sem Pelé: Edinho conta história inédita sobre ‘teste de fogo’ com pai antes de virar jogador profissional

Edson Cholbi Nascimento disse que o futebol era a "maior ligação" que tinha com o pai. Edinho é filho do meio de Pelé — Foto: Reprodução É pensando nas memórias com Pelé que Edson Cholbi Nascimento, o Edinho — filho do rei do futebol — tenta aliviar a saudade que sente do pai, que morreu há exato um ano. Ele contou ao g1 uma história nunca revelada: de quando foi […]

today29 de dezembro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%