G1 Mundo

Pessoa morre ao entrar em motor de avião da Embraer em funcionamento no aeroporto de Amsterdã

today29 de maio de 2024 16

Fundo
share close

A aeronave foi fabricada pela Embraer e pertence à KLM, que confirmou a morte. Ainda não havia informações sobre a identidade da vítima até a última atualização desta reportagem.

O aeroporto de Schiphol também confirmou o caso, que havia sido noticiado mais cedo pela imprensa holandesa.

Os passageiros e a tripulação já haviam embarcado na aeronave quando o incidente ocorreu, e alguns deles testemunharam o incidente, segundo um comunicado do aeroporto holandês.



Na nota, a direção de Schiphol disse também ainda não saber as circunstâncias que levaram a vítima a entrar no motor em funcionamento.

Uma das suspeitas é que a pessoa tenha sido sugada para dentro. A KLM disse que abriu uma investigação para apurar o caso. O Conselho de Segurança da Holanda e a Polícia Real Militar também investigam o ocorrido.

“Hoje, houve um incidente terrível no qual uma pessoa terminou no motor de um avião. Nossos pensamentos vão para os parentes e nos preocupamos com passageiros e colegas que testemunharam o caso. A Polícia Real Militar está atualmente conduzindo uma investigação”, disse, em comunicado, a direção do aeroporto de Schiphol.

O avião, um Embraer modelo E190, iria de Amsterdã até a cidade de Billund, na Dinamarca, ainda de acordo com sites de notícias da Holanda.

Turbulência no voo da Singapore Airlines

Vídeo e fotos mostram interior de avião após turbulência

Vídeo e fotos mostram interior de avião após turbulência

O relatório aponta que a aeronave despencou 54 metros em 4,6 segundos. Essa altura é equivalente a um prédio de 18 andares.

Diversos passageiros e membros da tripulação ficaram feridos, e um homem de 73 anos com histórico de doenças cardíacas morreu.

O voo Q321, operado por um Boeing 777, fez um pouso de emergência no aeroporto de Bangkok, na Tailândia, no último dia 21. Dos 229 ocupantes, 28 permanecem em hospitais tailandeses.

“A aeronave sofreu uma mudança rápida na força G (…) e isso provavelmente fez com que os ocupantes com cintos de segurança não afivelados ‘voassem'”, diz o relatório do Ministério dos Transportes de Singapura.

“A aceleração vertical mudou de 1,5G negativo (cada 1G equivale à força da gravidade na Terra) para 1,5G positivo em 4 segundos. Isso provavelmente fez com que os ocupantes que estavam no ar caíssem de volta no assoalho”, prossegue o texto.

“As súbitas alterações da força G ao longo dos 4,6 segundos resultaram em uma perda de altitude de 178 pés (54 metros), de 37,362 pés para 37,184 pés.”




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

coreia-do-norte-confirma-que-baloes-com-lixo-e-fezes-sao-retaliacao-a-coreia-do-sul-e-diz-que-envio-seguira

G1 Mundo

Coreia do Norte confirma que balões com lixo e fezes são retaliação à Coreia do Sul e diz que envio seguirá

O aviso foi a primeira declaração do governo norte-coreano após militares sul-coreanos afirmarem que mais de 250 balões com fezes e lixo dentro chegaram em regiões da Coreia do Sul próximas à fronteira com a Coreia do Norte. Através da KCNA, a Coreia do Norte disse que os balões foram uma retaliação a uma campanha de propaganda em curso de desertores e ativistas norte-coreanos na Coreia do Sul, que enviam […]

today29 de maio de 2024 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%