G1 Mundo

PF identifica brasileiros presos na Espanha por suspeita de atividades ligadas ao terrorismo

today28 de novembro de 2023 10

Fundo
share close

Segundo a PF, um deles teria morado por um tempo na Holanda antes de se estabelecer com o seu irmão na Espanha.

Dados de inteligência da PF compartilhados com o governo espanhol indicam que um dos irmãos “professaria ideias jihadistas salafistas” e teria “ligações redes de financiamento ao terrorismo”.

Informações da Guardia Civil do governo da Espanha noticiou que um dos suspeitos se estabeleceu na cidade de Estepona, na província de Málaga, e que em seguida seu irmão também foi para a cidade.



Operação da polícia da Espanha prende dois brasileiros vinculados ao grupo terrorista Estado Islâmico em 27 de novembro de 2023 — Foto: Ministério do Interior da Espanha

Os dois, segundo a PF, foram acusados pelo homicídio de um iraniano em 2014, no Rio de Janeiro. Entretanto, ao final do processo judicial, ambos foram considerados inocentes.

Um dos irmãos foi extraditado para o Brasil pela justiça de Portugal, em 2018, em decorrência do processo criminal referente à esta acusação de homicídio.

De acordo com investigadores, o último registro de um dos suspeito foi de saída do Brasil em 29 de outubro de 2022 com um voo para Roma, na Itália. O último movimento do segundo suspeito foi de saída do Brasil em 22 de outubro de 2022 em um voo para a cidade do Porto, em Portugal.

Segundo as autoridades espanholas, os dois homens faziam parte de um processo de radicalização e usavam aplicativos de mensagem para enaltecer e promover o grupo terrorista.

Eles ainda teriam divulgado atividades terroristas realizadas em diversos locais, manuais de preparo de explosivos e envenenamento, segurança cibernética e hacking.

Os agentes realizaram buscas numa casa associada aos detidos na cidade de Estepona, em Málaga, a fim de recolher mais provas das suas atividades e esclarecer os fatos sob investigação.

Em 2018, outro brasileiro, Kayke Luan Ribeiro Guimarães, foi condenado na Espanha a 8 anos de prisão por afiliação ao mesmo grupo terrorista.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

senado-aprova-e-entrada-da-bolivia-no-mercosul-so-depende-de-ratificacao-por-lula

G1 Mundo

Senado aprova e entrada da Bolívia no Mercosul só depende de ratificação por Lula

O Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (28), o protocolo de adesão para a entrada da Bolívia no Mercosul. A votação foi simbólica -- apenas os senadores Eduardo Girão (Novo-CE) e Cleitinho (PL-MG) se manifestaram contra. Agora, com o aceite do Congresso, a proposta segue para ratificação do presidente da República. A discussão sobre a possibilidade da Bolívia integrar o Mercosul começou ainda no primeiro governo Lula, em 2006. Em janeiro […]

today28 de novembro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%