G1 Mundo

Piloto de folga tenta desligar motores de avião em voo nos EUA

today23 de outubro de 2023 4

Fundo
share close

O piloto que estava de folga usou o sistema de prevenção de incêndio da aeronave para tentar desligar os motores.


Imagem de avião da Alaska Airlines — Foto: Ben Nelms/Reuters



Um voo da Alaska Airlines que ia para a cidade de San Francisco, nos Estados Unidos, foi desviado para outra cidade americana, Portland, porque um piloto de folga que estava na aeronave tentou desligar os motores.

O suspeito tem 44 anos. A equipe de voo conseguiu dominar o homem. Ele foi acusado de 83 tentativas de homicídio e colocar um avião em risco, segundo a polícia de Portland.

O incidente aconteceu no domingo (22). O avião da Alaska foi fabricado pela Embraer. Os motores do avião funcionaram o tempo todo.

A agência federal de aviação afirmou que o piloto que estava de folga usou o sistema de prevenção de incêndio da aeronave para tentar desligar os motores.

Um banco de dados de pilotos mostra que o homem que tentou desligar os motores está listado como um piloto certificado que recebeu autorização médica no mês passado.

O FBI em Portland disse que “está investigando e pode garantir ao público viajante que não há ameaça contínua relacionada a este incidente”.

É prática comum que pilotos de folga ocupem assentos vazios para retornar para casa ou para trabalhar a partir de um outro destino.

A Alaska Airlines afirmou que todos os passageiros a bordo puderam viajar em um voo posterior.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

os-refens-israelenses-‘esquecidos’-que-ainda-estao-em-poder-do-hamas

G1 Mundo

Os reféns israelenses ‘esquecidos’ que ainda estão em poder do Hamas

Muito pouco se ouviu falar sobre a etíope-israelense Avera Mengistu e o beduíno árabe-israelense Hisham al-Sayed, raptados em 2014 e 2015, respectivamente. Familiares de dois soldados israelenses mortos também têm que lidar com a agonia de o Hamas manter os seus restos mortais em Gaza desde 2014. Hadar Goldin e Oron Shaul foram mortos durante um confronto entre Israel e o Hamas naquele ano. O Hamas — apoiado pelo Irã […]

today23 de outubro de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%