G1 Santos

PM acusado de tentar matar ex-repórter da TV Tribuna em SP é condenado a cinco anos de prisão

today21 de setembro de 2022 15

Fundo
share close

Ainda como parte da pena, o Policial Militar perdeu o cargo público.

O Polícia Militar Rodoviário Gustavo Pavlik foi condenado a cinco anos e dez meses de prisão, em São Vicente, SP — Foto: g1 Santos/ Reprodução TV Tribuna



O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) condenou o policial militar Gustavo de Souza Militão Pavlik a cinco anos de prisão. Pavlik é acusado de ser o responsável por um atentado contra a ex-repórter da TV Tribuna, afiliada da Rede Globo na Baixada Santista e Vale do Ribeira, Solange Freitas, em novembro de 2020, quando a jornalista era candidata a prefeita de São Vicente (SP).

Segundo apurado pelo g1 nesta quarta-feira (21), o policial ainda perdeu o cargo público, uma vez que a conduta dele foi considerada incompatível com a responsabilidade e o grau de compromisso com o bem comum exigidos pela corporação. “Embora não possa ser considerado tecnicamente como detentor de maus antecedentes, o fato é que sua culpabilidade foi intensa”, diz a sentença.

Solange Freitas foi repórter de rede da TV Tribuna — Foto: Arquivo Pessoal

Na época, a ex-candidata à Prefeitura de São Vicente teve o carro alvejado enquanto passava por uma avenida da cidade. O policial militar rodoviário passou pelo julgamento no Fórum de São Vicente e teve a prisão temporária decretada pela Justiça uma semana após o crime. Ele foi encaminhado ao Presídio Militar Romão Gomes, na capital paulista, onde se encontrava até o momento.

Em um rede social, a jornalista comentou o sentença. “Justiça sendo feita! Depois de 17 horas de julgamento, o PM foi condenado em regime fechado pelo atentado que sofri”, disse ela. “As consequências do crime foram especialmente gravosas, em razão da repercussão que o fato gerou, expondo São Vicente como um lugar em que o crime pode influenciar as eleições”, diz a sentença.

Durante as investigações da Polícia Civil, foi apontado que Pavlik era um dos envolvidos no atentado. Por meio dele, os policiais chegaram até outro suspeito, Diego Nascimento Pinto, que teve a prisão preventiva decretada em janeiro, mas permanece foragido. Em setembro de 2021, O Ministério Público pediu ao TJ que tanto Pavlik quanto Pinto fossem à júri popular diante do material do inquérito policial instaurado na época.

Carro de Solange Freitas, candidata a prefeita de São Vicente, é alvo de tiros

Carro de Solange Freitas, candidata a prefeita de São Vicente, é alvo de tiros

Solange Freitas e outras quatro pessoas passavam pela Avenida Monteiro Lobato, na Vila Voturuá, por volta das 10h30 do dia 11 de novembro, quando um motociclista se aproximou do veículo e atirou na direção da janela do passageiro. Após disparar, o condutor acelerou a motocicleta e fugiu.

Um vídeo obtido com exclusividade pelo produtor da TV Tribuna Luiz Linna, mostra o momento em que a moto se aproximou do carro da candidata e efetuou os disparos. Depois, acelerou e fugiu.

Carro da candidata à Prefeitura de São Vicente, Solange Freitas (PSDB), foi alvo de balas — Foto: G1 Santos

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mulher-que-enxerga-vasos-da-retina-sangrando-devido-a-diabetes-luta-por-cirurgia-no-olho-e-teme-perder-a-visao

G1 Santos

Mulher que enxerga vasos da retina sangrando devido à diabetes luta por cirurgia no olho e teme perder a visão

A auxiliar administrativa Andrezza Argento, de 45 anos, foi diagnosticada com retinopatia diabética, uma doença causada pela diabetes e que afeta os pequenos vasos da retina, região do olho que forma as imagens enviadas ao cérebro. Há dois anos, ela luta por uma cirurgia que lhe traga esperança de ter a sua visão e sua vida de volta. "Eu posso acordar amanhã totalmente cega", afirmou. Ao g1, a moradora de […]

today21 de setembro de 2022 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%