G1 Mundo

Polícia do Paquistão revisa e reduz número de mortos de atentado contra mesquita

today3 de fevereiro de 2023 30

Fundo
share close

Erro aconteceu pois algumas famílias registraram seus parentes duas vezes nos hospitais da região, disse a polícia. Número foi corrigido de 101 para 84 vítimas fatais.


Explosão deixa mortos e feridos em mesquita em Peshawar, no Paquistão — Foto: Maaz ALI / AFP



A polícia do Paquistão revisou e reduziu o balanço de vítimas do atentado suicida de segunda-feira (30) contra uma mesquita que fica dentro de um complexo das forças de segurança de Peshawar, no qual morreram 84 pessoas, e não 101 como anunciado anteriormente.

“A confusão e os números incorretos foram provocados por famílias que registraram duas vezes (seus familiares) nos hospitais”, declarou à AFP o chefe da polícia de Peshawar, Ijaz Khan.

“Agora que terminaram os trabalhos de resgate, nós compilamos os números e 84 pessoas morreram como mártires no atentado de segunda-feira”, acrescentou.

Imagem do exterior da mesquita que explodiu no Paquistão em 30 de janeiro de 2023 — Foto: Fayaz Aziz/REUTERS

Khan afirmou que desses, 83 eram policiais e a outra vítima fatal era uma civil que morava e trabalhava no quartel das forças de segurança.

O autor do atentado suicida usava uniforme e capacete da polícia.

Os policiais em serviço “não o revistaram porque estava usando um uniforme da polícia (…) Foi uma falha da segurança”, declarou Moazzam Jah Ansari, chefe de polícia da província de Khyber Pakhtunkhwa, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

aras-se-manifesta-a-favor-de-retirar-“mae”-e-“pai”-de-documentos

Gospel Prime

Aras se manifesta a favor de retirar “mãe” e “pai” de documentos

Em um país de maioria cristã e conservadora, a queda moral do Brasil parece que só se agrava, a medida em que pautas progressistas vão sendo retomadas com força total, incluindo ataques contra à família. Na semana passada, o procurador-geral da República, Augusto Aras, deu um parecer favorável a uma alteração em formulários, registros e documentos públicos no Brasil que atende a demandas de grupos LGBT. Entre as mudanças propostas, […]

today2 de fevereiro de 2023 20

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%