G1 Santos

Polícia prende suspeito de estar envolvido em morte de paciente dentro de hospital no litoral de SP; VÍDEO

today16 de agosto de 2023 3

Fundo
share close

Gilianderson morreu no dia 24 de abril do ano passado, após dois criminosos invadirem o hospital. Um vídeo obtido pelo g1 mostra o paciente na cadeira de rodas, vestindo uma touca escura e uma roupa azul. Ele estava prestes a receber alta da ala de traumatologia quando foi morto a tiros (veja acima).

Para a polícia, Pato faz parte de uma facção criminosa e estava envolvido na morte do paciente em cadeira de rodas. A prisão foi feita no domingo (13) por policiais do 5º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) durante patrulhamento pela Operação Escudo.

Criminoso conhecido como ‘Pato’ foi preso em Guarujá (SP). Ele teria participado da morte de um paciente no Hospital Santo Amaro. — Foto: Reprodução/Plantão Guarujá



A equipe policial recebeu informações de que Pato estaria no bairro Paecara, onde realizou buscas e encontrou o homem, que foi detido em flagrante. Na casa do criminoso, os agentes apreenderam uma pistola, três carregadores e 21 munições. Todos os itens foram recolhidos e levados à delegacia.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP), Pato é apontado como o “disciplina” de uma facção criminosa, ou seja, o responsável por executar pessoas que recebem “sentença de morte” dos criminosos. Ele estava foragido desde setembro de 2021, quando deixou a prisão durante as saídas temporárias.

Bandidos invadem hospital em SP e executam paciente na frente da equipe médica. — Foto: Reprodução

Gilianderson dos Santos foi atingido na cabeça e no abdômen enquanto estava em uma cadeira de rodas, prestes a ter alta do Hospital Santo Amaro, em Guarujá. Uma dupla invadiu a unidade e, em menos de um minuto, disparou cerca de seis tiros na direção do paciente de 37 anos.

Operação Escudo acontece em Guarujá (SP) após PM ser morto baleado por criminoso — Foto: Reprodução

Desde então, as forças de segurança têm atuado na região com o objetivo de melhorar a segurança dos moradores, asfixiar o tráfico de drogas e desmantelar o crime organizado, que tem grande presença em morros e comunidades da Baixada.

Vídeos: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

veja-o-que-se-sabe-e-o-que-falta-saber-sobre-o-ataque-ao-delegado-da-policia-federal-baleado-na-cabeca-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Veja o que se sabe e o que falta saber sobre o ataque ao delegado da Polícia Federal baleado na cabeça no litoral de SP

Segundo o delegado Antonio Sucupira Neto, titular do DP Sede de Guarujá, o ataque contra o delegado não foi registrado na Polícia Civil, mas na Superintendência da Polícia Federal em Santos. O g1 entrou em contato com a Polícia Federal, em busca de mais informações sobre o caso, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem. Delegado da PF é baleado na cabeça em Guarujá, SP Thiago Selling […]

today16 de agosto de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%