G1 Mundo

Policiais franceses organizam caçada ‘sem precedentes’ a traficante que fugiu após emboscada cinematográfica

today15 de maio de 2024 5

Fundo
share close

Forças de segurança francesas estão se empenhando nesta quarta (15) em uma caçada ao traficante Mohamed Amra, conhecido como “A Mosca”, que protagonizou uma fuga cinematográfica no dia anterior no norte do país.

O ministro do Interior, Gerald Darmanin, disse que esforços “sem precedentes” estão sendo feitos, com centenas de policiais mobilizados nas operações de busca por Amra e seus comparsas.

Nesta quarta-feira, a Interpol emitiu um alerta vermelho contra Amra.



A violência da ação dos criminosos chocou o país. Carcereiros fizeram um minuto de silêncio em frente a prisões em diversas cidades, em homenagem aos colegas mortos. Em entrevista à rádio RTL, Darmanin disse que espera a captura de Amra “nos próximos dias”.

Sem dar mais detalhes, o ministro afirmou que 450 agentes estão trabalhando nos arredores de onde ocorreu a emboscada.

O ataque ocorreu em Val-de-Reuil, no norte da França, a cerca de 100 quilômetros de Paris, e é mais um crime relacionado ao tráfico de drogas, uma ameaça crescente em toda a Europa, o maior mercado de cocaína do mundo.

O camburão transportava o traficante de volta para a prisão de Évreux, na Normandia, após uma audiência na cidade de Rouen.

Amra, 30, possui uma longa ficha criminal, com 13 condenações, sendo a primeira registrada quando ele tinha apenas 15 anos, segundo a promotora Laure Beccuau.

No vídeo, é possível ver um SUV preto colidindo de frente com uma van na saída de uma cabine de pedágio, e logo depois homens armados saem do carro apontando armas automáticas em direção à van, retirando Amra e ateando fogo aos veículos antes de fugir do local.

Amra havia sido condenado por roubo no último dia 10 de maio e estava detido na prisão no norte do país.

O traficante já havia sido indiciado em Marselha por um sequestro que resultou em morte, disse o escritório da Promotoria de Paris. De acordo com uma fonte policial em Marselha, Amra era um traficante de drogas com vínculos com a poderosa gangue “Blacks” da cidade.

Homens armados emboscam camburão que transportava traficante na França e matam dois policiais em 14 de maio de 2024. — Foto: Reprodução/Reuters




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

russia-avanca-na-ucrania-com-900-baixas-de-soldados-por-dia

G1 Mundo

Rússia avança na Ucrânia com 900 baixas de soldados por dia

No entanto, esses avanços têm um preço alto: o número de baixas (ou seja, a soma de mortos e feridos) nas forças russas na guerra na Ucrânia em abril foi de 899 por dia, de acordo com um comunicado do serviço de inteligência do Reino Unido. O novo ministro da Defesa russo, Andrei Belousov, afirmou na terça-feira (14) que a principal tarefa do país é vencer no campo de batalha […]

today15 de maio de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%