G1 Mundo

Político catalão é baleado no rosto em Madri após criticar pacto entre governo e separatistas da Catalunha

today9 de novembro de 2023 3

Fundo
share close

A polícia espanhola afirmou que Vidal-Quadras, de 78 anos, foi atingido por um homem que estava em uma moto e que fugiu após fazer o disparo. Até a última atualização desta reportagem, a polícia buscava pelo criminoso, mas ainda não havia divulgado se sabia a motivação do crime.

O caso ocorreu no mesmo dia em que o primeiro-ministro espanhol, o socialista Pedro Sánchez, anunciou um pacto inédito com o partido separatista da Catalunha para formar governo. A aliança gerou uma onda de protestos violentos em Madri, encabeçados pelo Vox e por células neonazistas da Espanha.

Segundo o serviço de emergência de Madri, o político foi atingido na mandíbula quando estacionava seu carro. Ele levado com vida a um hospital próximo, mas também não havia informações sobre seu estado de saúde até a última atualização desta reportagem.



O crime aconteceu no bairro de Salamanca, um dos mais nobres de Madri, no centro da capital espanhola.

Alejo Vidal-Quadras, um catalão antiseparatista, era contra o pacto – que permitirá ao atual governo, socialista, seguir no poder – e criticou o anúncio em sua conta no Twitter nesta quinta. Disse que

“Foi acordado o pacto infame entre Sánchez e (Carles) Puidgemont (líder separatista catalão) que tritura o Estado de Direito na Espanha e acaba com a separação de poderes. Nossa nação deixará assim de ser uma democracia liberal para virar uma tirania totalitária. Nós, espanhóis, não permitirão isso”, escreveu.

O premiê espanhol se manifestou sobre o crime também em suas redes sociais.

“Quero transladar minha solidariedade e desejos de rápida recuperação a Alejo Vidal-Quadras. Confiamos que a investigação possa esclarecer o quanto antes os fatos”, declarou Sánchez.

Agentes do serviço de emergências de Madri protegem ambulância durante atendimento a político catalão Alejo Quadras-Vidal, baleado no rosto em uma rua de Madri, na Espanha, 9 de novembro de 2023. — Foto: Serviço de emergências de Madri via AP

Como alternativa, Sánchez, do Partido Socialista, começou a costurar uma aliança com partidos separatistas – o Junts per Catalunya, da Catalunha, e o Partido Nacional Vasco (PNV), do País Basco. As duas siglas, somadas a outras da esquerda que já apoiam os socialistas, dão a Pedro Sánchez o número de assentos para formar um novo governo.

Para apoiar Sánchez, no entanto, os separatistas catalães fizeram uma série de exigências. A principal delas era que o governo aprovasse a Lei de Anistia, que absolveria automaticamente políticos catalães condenados por terem realizado um referendo sobre a separação da Catalunha em 2017. A votação havia sido proibida pela Justiça espanhola, mas foi feita mesmo assim na região.

Esta semana, Sánchez anunciou que aceitou as exigências dos separatistas, o que gerou a onda de protestos violentos nas ruas de Madri nos últimos dias.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

governo-ve-embaixador-de-israel-em-‘rota-equivocada’-apos-ato-com-bolsonaro

G1 Mundo

Governo vê embaixador de Israel em ‘rota equivocada’ após ato com Bolsonaro

Por Daniela Lima Apresentadora do Conexão GloboNews. Ordem, contudo, é não dar "resposta emocional" ao que foi visto como evidente provocação A decisão do embaixador de Israel no Brasil, Daniel Zonshine, de desembarcar nesta quarta (8) no Congresso para um ato com o ex-presidente Jair Bolsonaro e alguns parlamentares de extrema direita foi interpretada pelo governo Lula como uma evidente provocação --mas não suscitará uma resposta imediata. Daniel já foi […]

today9 de novembro de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%