G1 Mundo

Por que fotos de Trump e aliados como réus são tão ‘ruins’?

today25 de agosto de 2023 14

Fundo
share close

“Inicialmente eu achei que fossem todos memes”, disse Jake Olson, fotógrafo que mora em Columbus, Ohio. “São fotos muito ruins.”

Trump foi acusado formalmente na semana passada, junto a 18 aliados (ou “coconspiradores”), de tentar reverter o resultado da eleição presidencial de 2020 no Estado da Geórgia para continuar no poder.

Pelo menos 11 pessoas – Trump, Rudy Giuliani, Sidney Powell, Jenna Ellis, Kenneth Chesebro, Cathy Latham, Harrison Floyd, Mark Meadows, Ray Smith, Harrison Floyd e Scott Hall – foram autuadas e fotografadas em uma prisão em Atlanta, na Geórgia.



Consequências políticas e jurídicas dos indiciamentos de Atlanta à parte, as fotos parecem ser o pesadelo de qualquer fotógrafo.

“Cara…”, disse Olson, chocado pela má qualidade, “são tantas regras básicas da fotografia que foram simplesmente ignoradas.”

Um dos principais problemas é a iluminação – uma única fonte suspensa, que dá às imagens um brilho ligeiramente estourado e à pele de cada pessoa uma palidez doentia.

No sentido horário: Ray Smith, Cathy Latham, Rudy Giuliani, Kenneth Chesebro, Harrison Floyd, Sidney Powell, Mark Meadows, Jenna Ellis — Foto: CONDADO DE FULTON

“Eles têm uma luz no estilo interrogatório, você pode notar que todos têm aquele pequeno ponto iluminado na testa”, disse o fotógrafo e professor de Pittsburgh, Ray Mantle.

“Todos eles não parecem bem… todos parecem cansados.”

O fundo cinza também não ajuda em nada, apontou Olson. Nem a marca d’água da polícia local.

“É um pouco exagerado… ocupa 40% da metade superior do foto!”

A variedade de expressões dos suspeitos chamou a atenção tanto de Mantle quanto Olson.

“Se eu quisesse produzir um ensaio de fotos de réu ruins, pediria para os modelos fazerem exatamente as caras que eles estão fazendo”, disse Olson.

As expressões variam muito.

Diferente da maioria de fotos de réus, estas serão divulgadas por toda parte.

“Para muitas dessas pessoas, essa é a sua grande estreia pública”, disse Mantle. “Eles sabem que todo mundo vai ver as fotos.”

E alguns deles, disse Mantle, podem se arrepender das poses.

Ainda assim, conseguir uma boa foto de réu não é tarefa fácil, disse Cooper Lawrence, jornalista que escreveu extensivamente sobre a cultura das celebridades.

É um equilíbrio difícil de encontrar, um desafio que celebridades como Justin Bieber, Lindsay Lohan e Paris Hilton tiveram que enfrentar.

“Não ria. Uma risada fará com que você pareça muito arrogante”, disse Lawrence. “Você deve dar um leve sorriso, como Lindsay Lohan e Paris Hilton fizeram. Um sorriso diz: ‘sim, isso é uma m*rda, mas vou ficar bem.'”

Cabelo, maquiagem e guarda-roupa – mesmo sob custódia das autoridades do condado de Fulton – são cruciais, disse ela.

Mas “mantenha a simplicidade”, disse ela. “Você vai para a cadeia, não para um evento.”




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

a-retaliacao-da-china-contra-o-japao-por-despejo-de-agua-de-fukushima-no-mar

G1 Mundo

A retaliação da China contra o Japão por despejo de água de Fukushima no mar

Vários países vizinhos expressaram a sua insatisfação com a medida - mas a China foi ainda mais longe e decidiu retaliar. O governo de Pequim é o principal comprador de frutos do mar do Japão e disse nesta quinta-feira (24/8) que bloqueará as importações desses produtos para o país. O governo de Tóquio tem insistido que a água não representa qualquer risco para os ecossistemas, algo com que muitos cientistas […]

today25 de agosto de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%