G1 Mundo

Portugal vai acabar com isenções fiscais para residentes estrangeiros em meio à crise imobiliária

today4 de outubro de 2023 2

Fundo
share close

As isenções fiscais para residentes estrangeiros em Portugal não se justificam mais, afirmou o primeiro-ministro português, António Costa. Ele prometeu encerrar o programa para novos candidatos em 2024.

A mudança é uma reposta ao aumento dos preços das moradias em Portugal, um dos países mais pobres da Europa Ocidental.

Lançado em 2009, o programa permite que as pessoas que se tornam residentes ao passar mais de 183 dias por ano no país se beneficiem de uma alíquota especial de 20% sobre a renda de origem portuguesa derivada de “atividades de alto valor agregado”, como médicos e professores universitários.



Esse regime foi introduzido para atrair investidores e profissionais, já que Portugal sofreu com a crise financeira.

Outros benefícios do esquema – conhecido como Residente Não Habitual – incluem isenções fiscais sobre quase toda a renda estrangeira se tributada no país de origem e uma alíquota fixa de 10% sobre pensões de fonte estrangeira.

Os cidadãos portugueses que viveram no exterior por cinco anos ou mais também podem se candidatar.

Costa disse à CNN Portugal na segunda-feira que o esquema havia “inflado o mercado imobiliário”, chamando-o de “injustiça fiscal que não se justifica mais”.

Costa afirmou que aqueles que já se beneficiam do programa continuarão a se beneficiar.

O anúncio foi feito dois dias depois que milhares de pessoas saíram às ruas de Lisboa e de outras cidades de Portugal para protestar contra o aumento dos aluguéis e dos preços das casas, impulsionados pela crescente gentrificação e pelo turismo recorde.

Dados do governo mostram que mais de 50% dos trabalhadores ganharam menos de 1.000 euros por mês no ano passado, e um aumento de 65% nos aluguéis de Lisboa desde o início do boom do turismo em 2015 tornou os apartamentos inacessíveis para muitos.

Os preços de venda aumentaram 137% nesse período, de acordo com os especialistas em dados imobiliários da Confidencial Imobiliário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘so-por-milagre-ganharia-o-mesmo-no-brasil’:-como-e-ser-motoboy-na-inglaterra

G1 Mundo

‘Só por milagre ganharia o mesmo no Brasil’: como é ser motoboy na Inglaterra

"Só por um milagre teria o mesmo ganho no Brasil", diz Jorge*, brasileiro que trabalhou como entregador de aplicativo em ruas paulistanas e inglesas. Ao mesmo tempo, quem compara a vida de motoboy na Inglaterra com a experiência de exercer a atividade no mesmo país há alguns anos diz que condições e pagamentos pioraram. "Não se faz mais dinheiro como antes", afirma Jéssica de Oliveira, que trabalha há mais de […]

today4 de outubro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%