G1 Mundo

Premiê de Israel diz que guerra contra Hamas vai continuar ‘por muitos meses’

today30 de dezembro de 2023 8

Fundo
share close

Netanyahu afirmou que ofensiva contra o Hamas continua ‘por todas as frentes’.


O premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou neste sábado (30) que a guerra de Israel contra o Hamas vai continuar “por todas as frentes” e que a ofensiva ainda vai durar muitos meses, até uma vitória israelense.



A afirmação foi feita em um pronunciamento televisionado. A declaração de Netanyahu é feita no momento em que o conflito contra o Hamas entra em sua 13ª semana. As ofensivas de Israel contra Gaza começaram depois que um ataque sem precedentes do grupo terrorista Hamas matou mais de 1.200 civis israelenses, no dia 7 de outubro. Mais de duas centenas de reféns foram capturados pelo grupo terrorista na ocasião.

Forças de Israel ampliam operações na Faixa de Gaza. — Foto: Reprodução/ TV Globo

Tropas de Israel avançaram neste sábado no centro e no sul de Gaza. Os combates ficaram concentrados em Al-Bureij, Nuseirat, Maghazi e em Khan Younis.

Nas últimas 24 horas, 165 palestinos foram mortos e outras 250 pessoas ficaram feridas, segundo informações das autoridades de saúde do Hamas. Os números não puderam ser verificados de maneira independente.

Desde o início da ofensiva de Israel contra Gaza, mais de 21,6 mil palestinos foram mortos. Os ataques de Israel deixaram mais de 56 mil feridos e provocaram o deslocamento de 2,3 milhões de moradores de Gaza.

No sábado, o braço armado da Frente Popular para a Libertação da Palestina disse que um soldado de Israel que era mantido em cativeiro pelo grupo foi morto. Ainda de acordo com o grupo, o soldado morreu em um ataque das forças de Israel que deixou combatentes palestinos feridos.

Israel afirma que 172 dos seus militares foram mortos nos combates em Gaza desde 7 de outubro.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

russia-pede-reuniao-do-conselho-de-seguranca-da-onu-apos-ataque-da-ucrania-deixar-mortos-perto-da-fronteira

G1 Mundo

Rússia pede reunião do Conselho de Segurança da ONU após ataque da Ucrânia deixar mortos perto da fronteira

Ataque da Ucrânia deixa mortos na cidade Belgorod, na Rússia — Foto: Ministério da Defesa da Rússia/Reuters Em referência aos ataques, o Ministério da Defesa da Rússia afirmou que a ofensiva ucraniana "não ficará impune". Rússia faz ataque massivo a várias regiões da Ucrânia Entre os 14 mortos estão duas crianças, segundo informações do governo russo. Os ataques também deixaram 108 feridos. O governo local de Belgorod alertou para que […]

today30 de dezembro de 2023 17

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%