G1 Mundo

Rússia pede reunião do Conselho de Segurança da ONU após ataque da Ucrânia deixar mortos perto da fronteira

today30 de dezembro de 2023 14

Fundo
share close

Ataque da Ucrânia deixa mortos na cidade Belgorod, na Rússia — Foto: Ministério da Defesa da Rússia/Reuters

Em referência aos ataques, o Ministério da Defesa da Rússia afirmou que a ofensiva ucraniana “não ficará impune”.



Rússia faz ataque massivo a várias regiões da Ucrânia

Rússia faz ataque massivo a várias regiões da Ucrânia

Entre os 14 mortos estão duas crianças, segundo informações do governo russo. Os ataques também deixaram 108 feridos. O governo local de Belgorod alertou para que os moradores da região se desloquem para abrigos.

Ainda de acordo com informações do Ministério da Defesa russo, mísseis lançados da região ucraniana de Kharkov atingiram um shopping center, prédios residenciais e carros.

Neste sábado, ataques russos também foram registrados em Kharkiv, na Ucrânia. Pelo menos 8 pessoas ficaram feridas após uma ofensiva contra prédios e outros locais civis, segundo o governo local.

Imagem mostra edifício danificado após bombardeio de forças ucranianas na cidadede Belgorod, Rússia — Foto: Ministério da Defesa da Rússia/Reuters

Na sexta-feira (29), a Rússia lançou uma das maiores ações coordenadas na Ucrânia. Autoridades ucranianas dizem que 39 civis morreram nos ataques, e outros 159 ficaram feridos.

Prédio residencial em chamas na Ucrânia após ataque russo, em 29 de dezembro de 2023 — Foto: Governo da Ucrânia/Divulgação

Explosões foram reportadas durante a madrugada e a manhã de sexta-feira na capital Kiev e em cidades de grande porte, como Kharkiv e Lviv.

Segundo Ministério da Defesa ucraniano, forças russas lançaram 158 mísseis contra a Ucrânia, bem acima da média dos ataques perpetrados ao longo do ano. Entre os alvos bombardeados, estão uma maternidade (veja vídeo), escolas, shoppings e residências, de acordo com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

Mapa mostra cidades ucranianas bombardeadas pela Rússia nesta sexta (29) — Foto: Reprodução/TV Globo

O ataque russo contra cidades ucranianas encerrou um ano em que ambos os lados não conseguiram avançar de forma significativa. A contraofensiva da Ucrânia, respaldada por um forte apoio militar dos Estados Unidos e da Europa, avançou menos do que o esperado.

Já a Rússia, de acordo com o Instituto para o Estado da Guerra, dos Estados Unidos, conseguiu manter a maior parte dos territórios conquistados em 2022.

Atualmente, tropas russas controlam cerca de 20% do território ucraniano.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

milei-pode-ter-‘superpoderes’-para-governar-argentina?

G1 Mundo

Milei pode ter ‘superpoderes’ para governar Argentina?

Algumas dessas medidas, no entanto, levantaram dúvidas se haveria uma concentração excessiva de poder nas mãos do governante. Um dos pontos que mais preocupam é a tentativa de impor limites às manifestações populares, uma vez que as medidas propostas pelo governo deverão continuar levando os argentinos às ruas. Outro ponto de atenção, segundo analistas ouvidos pela BBC News Brasil, é a proposta de declarar situação de emergência pública até 2025 […]

today30 de dezembro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%