G1 Mundo

Primeiro-ministro do Reino Unido e vice dos EUA chamam conflito na Ucrânia de ‘guerra global’

today18 de fevereiro de 2023 7

Fundo
share close

Reunidos na conferência de Munique ambos os líderes acreditam que a batalha está impactando o mundo todo.


Rishi Sunak, primeiro ministro britânico, e Kamala Harris, vice-presidente dos EUA, em reunião na conferência de segurança de Munique — Foto: Ben Stansall/Pool via REUTERS



O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, e a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, condenaram os países que apoiaram os esforços do presidente russo, Vladimir Putin, na Ucrânia, disse o gabinete de Sunak, descrevendo a guerra como uma “guerra global”.

“O primeiro-ministro e o vice-presidente Harris condenaram os países que apoiaram os esforços de Putin política e militarmente”, disse seu gabinete em um comunicado após a reunião na Conferência de Segurança de Munique no sábado.

“Eles concordaram que a guerra de Putin na Ucrânia é uma guerra global, tanto em termos de impacto na segurança alimentar e energética quanto em termos de implicações para normas internacionalmente aceitas, como soberania”, acrescentou o comunicado.

O encontro que reúne os dezenas de chefes de Estado do mundo todo mostrou a forma como os EUA e a Europa estão olhando para o conflito. Pela primeira vez de forma oficial, Washington acusou a Rússia por “crimes contra a humanidade”.

“Examinamos as provas, conhecemos as normas legais e não há dúvida de que se trata de crimes contra a humanidade”, disse Kamala Harris para os demais líderes.

Para comprovar sua tese, Harris citou os seguintes casos, que segundo Washington, foram cometidos por militares russos na Ucrânia:

  • Execuções sumárias;
  • Tortura;
  • Estupro;
  • “Transferência” de centenas de milhares de civis ucranianos para a Rússia, sem o consentimento deles.

“Afirmo a todos os que perpetraram esses crimes e a seus superiores ou cúmplices: vocês responderão por eles”, acrescentou Kamala Harris.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-diagnostico-terminal-de-uma-das-minhas-filhas-salvou-a-vida-da-outra

G1 Mundo

O diagnóstico terminal de uma das minhas filhas salvou a vida da outra

Teddi Shaw foi diagnosticada pouco tempo depois que sua irmã mais velha, Nala, apresentou alguns sintomas característicos do quadro. Mas era tarde demais para tratar Nala, que agora tem a doença na daseterminal. Ambas as meninas têm LDM, leucodistrofia metacromática , uma condição que danifica gravemente o cérebro e o sistema nervoso. O único tratamento, chamado Libmeldy, custa cerca de US$ 3,5 milhões (R$ 18 milhões) e é o medicamento […]

today18 de fevereiro de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%