G1 Santos

Procurado por matar PM em SP é encontrado em igreja ‘pedindo salvação’

today11 de janeiro de 2023 56

Fundo
share close

O policial militar foi baleado três vezes por um dos dois criminosos que o abordaram no último dia 16 de dezembro, na Rua Santiago, no bairro Taboão. Dois tiros não atingiram a vítima, mas um disparo pegou na cabeça. A vítima também teria feito menção de reagir ao tentar segurar o braço de um dos criminosos, que fugiram sem levar os pertences da vítima.

Vídeo mostra criminosos tentam roubar moto de Gilberto Luiz de Campos Júnior. PM estava de folga e foi baleado na cabeça em Diadema. Ele não resistiu e morreu. Bandidos fugiram e tinha — Foto: Reprodução/Redes sociais/Divulgação/PM



Segundo apurado pelo g1 nesta quarta-feira (11), um dos suspeitos foi localizado e preso. Os Investigadores do 1º Distrito Policial (DP) de Itanhaém foram informados de que o criminoso estaria na Baixada Santista, sendo assim, iniciaram as investigações e apuraram que Adryel havia alugado um apartamento no bairro Guapurá, em Itanhaém.

Ao realizarem as buscas próximo ao endereço da locação, os agentes de segurança encontraram o suspeito dentro de uma igreja. “Ele [o suspeito] falou que estava arrependido do que fez. Segundo ele, ele estava [na igreja] pedindo salvação”, relatou o investigador Osni Muri ao g1.

Ao ser abordado, o investigado confessou ser foragido de Diadema. Diante dos fatos, os profissionais comunicaram a mãe de Adryel sobre a prisão e o encaminharam para a sede do 1º DP, onde, segundo explicou o investigador, foi feito o ato de polícia judiciária. Na sequência, o suspeito foi encaminhado para Peruíbe, onde permanecerá à disposição da Justiça aguardando a audiência de custódia, para ser enviado para São Bernardo do Campo (SP), onde deve cumprir a prisão temporária.

Gilberto foi abordado enquanto pilotava sua motocicleta Rua Santiago, no bairro Taboão, em Diadema, na tarde de domingo, 16 de dezembro de 2022. Dois criminosos que usavam capacetes tentaram roubar a moto do policial, mas ao perceberem que ele estava armado, os assaltantes dispararam na cabeça da vítima com uma arma de fogo.

O militar foi socorrido e levado em estado grave por uma ambulância ao Hospital Mário Covas, em Santo André (SP), porém, o agente de segurança morreu três dias depois, em 19 de dezembro. Ele deixou a esposa e dois filhos.

Os ladrões fugiram na motocicleta que usavam e não levaram a moto do PM. O caso foi registrado como tentativa de roubo no 3º Distrito Policial (DP) de Diadema. Com a morte de Gilberto, a Polícia Civil investiga o crime também como latrocínio, que nesse caso seria a tentativa de roubo seguida de morte.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

prefeitura-de-santos-publica-decreto-com-as-novas-regras-do-desfile-de-carnaval

G1 Santos

Prefeitura de Santos publica decreto com as novas regras do desfile de carnaval

De acordo com o documento, a organização do desfile ficará a cargo da Comissão de Carnaval nomeada pelo prefeito, que terá atribuições como fiscalizar o cumprimento das disposições, registrar ocorrências no decorrer dos desfiles, zelar pela ordem e controlar o horário de chegada das escolas na área de concentração. Segundo o Secretário de Cultura, Rafael Leal, ocorreram duas mudanças significativas e que devem ser observadas pelas escolas. "Não teremos mais […]

today11 de janeiro de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%