G1 Santos

Professor é agredido por responsáveis de aluno em escola do litoral de SP: ‘socos e pontapés’

today17 de abril de 2024 8

Fundo
share close

Um professor, de 41 anos, ficou ferido após ser agredido por responsáveis por um estudante em Itanhaém, no litoral de São Paulo. Conforme apurado pelo g1 nesta quarta-feira (17), a vítima foi surpreendida pelos agressores quando chegava no estacionamento de uma unidade escolar.

O crime aconteceu na Escola Municipal Bernardino de Souza Pereira, no bairro Corumbá. Em carta aberta publicada nas redes sociais, professores e funcionários da unidade manifestaram repúdio e indignação pelo episódio.

De acordo com a publicação, o docente foi atacado por responsáveis por um aluno de outra escola. Daniela Mendes é professora da unidade onde aconteceu a agressão e contou ao g1 que os pais do aluno teriam interpretado uma situação de forma equivocada — que não foi informada — , e resolveram tirar satisfações com o profissional.



Ele estava chegando para trabalhar de bicicleta quando foi derrubado no estacionamento e perseguido pelos agressores que invadiram a escola Bernardino de Souza. “Continuaram as agressões a socos e pontapés, inclusive machucando outros funcionários que tentaram impedir as agressões”, dizia a nota.

Os funcionários ainda fizeram uma manifestação na terça-feira (16) contra a violência verbal, física e psicológica sofrida por profissionais de educação. Eles paralisaram as últimas aulas do período da manhã para estudar internamente a Lei do Servidor Público e a escalada da violência nos ambientes escolares para produzir materiais contra violência.

Em nota, a Prefeitura de Itanhaém informou que as agressões aconteceram na sexta-feira (12), no período da tarde. “Repudiamos veementemente qualquer forma de violência e expressamos nossa solidariedade ao professor agredido de forma covarde”.

Ainda de acordo com o Executivo, todas as medidas legais foram tomadas e um processo administrativo foi iniciado para investigar a conduta da mãe do aluno, que é funcionária pública municipal.

“Estamos oferecendo todo o suporte necessário ao professor e à equipe da escola, que ainda estão abalados com este ato de brutalidade e violência”.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou que o caso foi registrado como lesão corporal na Delegacia Eletrônica. “A vítima foi orientada quanto ao prazo para representação criminal”, diz a nota da pasta.

A prefeitura não informou o estado de saúde do professor e o g1 não conseguiu contato com a vítima até a publicação desta matéria.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

video-mostra-pm-sendo-acompanhado-por-homem-em-comunidade-antes-de-desaparecer;-assista

G1 Santos

Vídeo mostra PM sendo acompanhado por homem em comunidade antes de desaparecer; ASSISTA

O g1 apurou junto à uma fonte da polícia civil que o jovem PM saiu de uma adega na comunidade Santo Antônio, onde bebia com um casal, e dirigiu sozinho até a 'biqueira'. O soldado teria ficado no veículo por aproximadamente 40 minutos, até que dois homens - ainda não identificados - se aproximaram do carro e o renderam. Após o carro ser manobrado na via, o PM saiu do […]

today17 de abril de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%