G1 Mundo

Proposta de ter filho para reduzir dívida estudantil causa polêmica no Japão

today6 de março de 2023 11

Fundo
share close

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, foi criticado após seu partido sugerir um alívio da dívida estudantil sob a condição de ter filhos, a fim de tentar conter o declínio da taxa de natalidade no arquipélago.

Kishida havia prometido no começo do ano “medidas sem precedentes” para lutar contra a queda da natalidade no Japão, um problema crônico e cada vez mais agudo.

O Partido Liberal Democrata (PLD, direita), de Kishida, trabalha em várias propostas sobre o tema, que, segundo a mídia local, serão apresentadas ao governo no fim do mês. A proposta que condiciona a redução da dívida estudantil à paternidade, entretanto, gerou uma onda de críticas.



“Exigir um filho em troca de uma redução da dívida estudantil é uma péssima medida para lidar com a baixa taxa de natalidade”, disse na sexta-feira (03) a senadora Noriko Ishigaki, durante um debate na câmara alta do Parlamento do Japão, na presença do primeiro-ministro.

Kishida deu pouco detalhes sobre o conteúdo da proposta, e insistiu na necessidade de se “respeitar um debate livre e vigoroso” sobre o tema.

As críticas também vieram do Twitter: “É como dizer: ‘Pague com seu corpo!'”, criticou um usuário, enquanto outro publicou que as medidas do PLD equivalem a “tratar os seres humanos como gado”.

Masahiko Shibayama, deputado do PLD – que dirige a comissão que trabalha no assunto – assegurou à rede de TV Asahi que a medida tinha como objetivo apoiar financeiramente as famílias, e não penalizar os lares sem filhos: “Estamos apresentando isso como uma extensão do apoio à educação infantil, e não como uma política relacionada à natalidade.”




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

onu-chega-a-acordo-historico-para-proteger-a-vida-marinha-em-alto-mar

G1 Mundo

ONU chega a acordo histórico para proteger a vida marinha em alto-mar

Para especialistas, o tratado é uma oportunidade única de conservação da vida marinha. Leia abaixo um resumo dos avanços que o acordo representa: É um tratado unificado entre os membros das Nações Unidas para proteger a biodiversidade em alto-mar. As negociações envolveram mais de 100 países. O tema estava em discussão há quase vinte anos pela Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar. A primeira reunião foi realizada […]

today6 de março de 2023 15

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%