Prefeitura de Guarujá

Quase 90% dos atendimentos pelo Samu Guarujá estão abaixo do tempo preconizado

today17 de janeiro de 2024 4

Fundo
share close

Ministério da Saúde recomenda que o tempo resposta das equipes nos salvamentos seja de até 15 minutos; balanço é referente ao último quadrimestre, que contabilizou 5.468 atendimentos realizados

Somente 15 minutos. Este é o tempo recomendado pelo Ministério da Saúde para que a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) 192 chegue até o local da ocorrência. E em Guarujá, quando se trata de salvar vidas, os profissionais do Serviço cumprem o tempo resposta à risca.

Um levantamento realizado pela Prefeitura de Guarujá, a partir da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), indica que dos 5.468 atendimentos feitos pelo Samu Guarujá no último quadrimestre, 89% aconteceram em menos de 15 minutos, conforme o limite preconizado pelo Ministério de Saúde.

A agilidade da equipe, desde o chamado até sua chegada ao local da ocorrência, faz com que Guarujá também registre outra marca positiva: o número de ambulâncias de acordo com o índice populacional. O Município possui uma quantidade de veículos acima do recomendado.

Hoje são cinco ambulâncias em operação, entre suporte básico e avançado e mais quatro motolâncias. Este quadro supera o que estabelece o Censo: para cada 150 mil habitantes é necessário uma ambulância de suporte básico, e para cada 300 mil, uma de suporte avançado.



Nesta temporada de verão, inclusive, a Sesau reforçou os atendimentos efetuados pelas motolâncias aos finais de semana, passando de duas durante a semana, para quatro aos sábados, domingos e feriados.

Ao todo, 71 profissionais atuam no Samu Guarujá. São médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, condutores, além das equipes de almoxarifado, higienização e administrativo.

Município aguarda retorno de pleitos para melhorar o Serviço

O secretário de  Saúde de Guarujá, explica que aguarda, ainda para este trimestre, a devolutiva de pleito realizado pelo Município em 31 de agosto do ano passado. “Solicitamos a renovação e ampliação da frota, além de uma sede melhor estruturada para um Samu próprio em Guarujá”. Foram solicitadas 10 ambulâncias, que com a central de regulação própria, representam recursos na ordem de mais de R$ 3,5 milhões de investimentos.

O Samu é o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do Sistema Único de Saúde (SUS), custeado com recursos do Ministério da Saúde. Guarujá é parte de um atendimento regional que na Baixada Santista está integrado aos municípios de Bertioga e Santos, onde fica instalada a base central de regulação 192.

Melhorias

Desde 2017, a Prefeitura de Guarujá não mediu esforços em melhorar a estrutura do Samu na Cidade. Nesse período, foram incorporadas ao Serviço seis novas ambulâncias outras três motolâncias. Outra conquista foi a nova sede, com a construção de uma Base Central, no Jardim Boa Esperança.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Geilton Junior

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cipa-cria-canal-de-comunicacao-para-facilitar-comunicacao-com-os-servidores

Prefeitura de Guarujá

CIPA cria canal de comunicação para facilitar comunicação com os servidores

Canal foi criado para receber as demandas das unidades vinculadas à Administração Municipal Com o objetivo de aproximar e melhorar a comunicação entre a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e os servidores, para minimizar os acidentes de trabalho dentro da Prefeitura de Guarujá, foi criado um canal para receber as demandas das unidades vinculadas à Administração Municipal. Através do e-mail adm.cipa@guaruja.sp.gov.br  os servidores podem protocolar suas reclamações, apontar possíveis causas de […]

today17 de janeiro de 2024 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%