G1 Mundo

Quase metade da população de Nagorno-Karabakh deixou região após invasão do Azerbaijão, diz Armênia

today27 de setembro de 2023 3

Fundo
share close

A região de Nagorno-Karabakh, que fica no Cáucaso, é internacionalmente reconhecida como parte do Azerbaijão. Mas os moradores, em maioria, se identificam como armênios (ou seja, do país vizinho), e, em 1994, um movimento separatista instituiu um governo autônomo, com o apoio do governo da Armênia.

Até o fim da manhã desta terça, o número de refugiados que fugiram de suas casas na região e cruzaram a fronteira em direção à Armênia era de cerca de 50 mil, segundo o governo armênio. A população total da região, segundo o governo azerbaijano, era de cerca de 120 mil pessoas.

Na segunda-feira (25), o primeiro-ministro armênio, Nikol Pashinyan, em reunião com autoridades norte-americanas, afirmou haver em curso uma limpeza étnica contra armênios em Nagorno-Karabakh.



O governo azerbaijano negou e prometeu que vai respeitar os direitos da população etnicamente armênia e restaurar o acesso à única via que liga a região ao país vizinho, fechada dez meses atrás.

A luta de movimentos separatistas em Nagorno-Karabakh vem desencadeando uma série de conflitos violentos desde a década de 1990, depois da dissolução da antiga União Soviética – os dois países, Armênia e Azerbaijão, faziam parte da URSS.

O primeiro deles ocorreu em 1994, quando a região quis se separar do Azerbaijão, desencadeando uma guerra que deixou mais de 30.000 mortos.

Os dois países chegaram a iniciar um novo conflito, em 2020, que terminou com conquistas territoriais do Azerbaijão e um cessar-fogo obtido com a mediação da Rússia.

Desde então, o governo russo, que manteve relações econômicas e militares com os dois países após o fim da URSS, é responsável por manter a paz na região e negociar com os dois governos por acordos de não agressão.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

soldado-norte-americano-que-cruzou-fronteira-para-a-coreia-do-norte-ja-esta-sob-custodia-dos-eua

G1 Mundo

Soldado norte-americano que cruzou fronteira para a Coreia do Norte já está sob custódia dos EUA

A Coreia do Norte decidiu na manhã desta quarta-feira (27) expulsar o soldado norte-americano Travis King, que admitiu ter cruzado a fronteira entre Coreia do Sul e Coreia no Norte intencionalmente, informou a KCNA, a mídia estatal de Pyongyang. O militar já está sob custódia do governo dos Estados Unidos, informaram autoridades à agência de notícias Associated Press. No início da tarde, Washington disse esperar que King chegasse em solo […]

today27 de setembro de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%