G1 Mundo

Quatro de seis acusados por ataque terrorista em Viena em 2020 são condenados a longas penas

today2 de fevereiro de 2023 12

Fundo
share close

O agressor de 20 anos, que foi morto a tiros pela polícia minutos depois de abrir fogo, matou quatro pessoas em 2 de novembro de 2020, além e atropelar multidões sentadas nos terraços de bares e restaurantes no centro de Viena. Mais de 20 pessoas ficaram feridas.

  • ENTENDA: ataque terrorista em Viena deixa mortos e feridos

Vídeo mostra intensa troca de tiros em Viena em 2020



Vídeo mostra intensa troca de tiros em Viena em 2020

Enquanto a polícia disse que o atirador, Kujtim Fejzulai, que tinha nacionalidade da Áustria e da Macedônia do Norte, realizou o ataque sozinho, os seis réus foram acusados de fornecer ajuda antecipadamente. A maioria apoiou os militantes do Estado Islâmico, assim como Fejzulai, mas negou saber o que ele estava planejando.

Em uma decisão da noite para o dia, o tribunal condenou dois dos seis, incluindo o homem que vendeu a Fejzulai o rifle de assalto que ele usou no ataque e munição, à prisão perpétua por serem cúmplices do assassinato.

Dois outros receberam sentenças de 20 e 19 anos, disse o tribunal em um comunicado. Os dois restantes foram considerados culpados de serem membros de uma organização terrorista, mas absolvidos de cumplicidade no assassinato e condenados a dois anos de prisão parcialmente suspensa.

Dos seis homens com idades entre 22 e 32 anos, cinco foram condenados por serem membros de uma organização terrorista. Apenas o réu identificado como Adam M, de 32 anos, que vendia o rifle de assalto, não era.

O segundo réu condenado à prisão perpétua foi Heydayatollah Z, 28, que morou com o agressor por semanas antes do ataque. Descobriu-se que ele encorajou Fejzulai e ajudou a preparar armas e munições – vestígios de seu DNA foram encontrados em ambos.

Os dois réus com as sentenças mais brandas aceitaram a decisão, disse o tribunal. Dos quatro restantes, três planejam apelar e o outro está considerando, acrescentou.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

el-salvador,-pais-com-a-maior-taxa-de-detentos-do-mundo,-inaugura-prisao-com-capacidade-para-40-mil

G1 Mundo

El Salvador, país com a maior taxa de detentos do mundo, inaugura prisão com capacidade para 40 mil

Como comparação, no dia do massacre do Carandiru, 2 de outubro de 1992, o complexo penitenciário de São Paulo era o maior da América Latina com cerca de 7.500 mil presos. El Salvador é um país de 6,5 milhões de pessoas no qual o número de presos está crescendo rapidamente porque o governo está em uma campanha para reprimir a violência de gangues (leia mais sobre a campanha abaixo). Cerca […]

today2 de fevereiro de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%