Gospel Prime

Quatro estados nos EUA liberaram leis de suicídio assistido em 2023

today26 de julho de 2023 2

share close

Nenhum estado adicional legalizou o suicídio assistido até agora este ano, mas alguns têm liberalizado suas leis que regulam essa prática mortal, apesar da oposição dos defensores pró-vida.

Nesse sentido, Vermont e Oregon se tornaram os primeiros estados a eliminar o requisito de que as pessoas que recebem uma prescrição letal devem ser cidadãos do estado, permitindo o chamado “turismo do suicídio”. Washington e o Havaí expandiram a elegibilidade para prescrever uma dose fatal de médicos para outros profissionais de saúde.

De acordo com Baptist Press, Nevada, por outro lado, evitou por pouco se tornar o 11º estado a aprovar o suicídio assistido quando o governador Joe Lombardo vetou em junho uma medida legislativa que o permitiria.

Desse modo, seu veto veio após líderes da Southern Baptist Ethics & Religious Liberty Commission (ERLC) e da Nevada Baptist Convention, juntamente com outros opositores do suicídio assistido, escreverem uma carta pedindo a Lombardo que rejeitasse o projeto. O movimento pró-vida permanece firme na proteção da dignidade humana e busca opor-se ao suicídio assistido em todas as suas formas.

Sendo assim, o movimento do suicídio assistido tem se expandido desde que Oregon se tornou o primeiro estado a legalizar a prática em 1997. O suicídio assistido também é permitido em outros estados, incluindo Califórnia, Colorado, Havaí, Maine, Montana, New Jersey, Novo México, Vermont e Washington, bem como no Distrito de Columbia.



No entanto, líderes pró-vida novamente pediram políticas públicas que honrem a dignidade humana em vez de ajudar as pessoas a cometer suicídio. Miles Mullin, vice-presidente e chefe de gabinete da ERLC, disse que defenderá a ética cristã, trabalhará para cultivar uma cultura de vida e se oporá a uma cultura de morte que encoraja pessoas vulneráveis e sofredoras a buscar sua própria morte.

“A vida é preciosa desde a concepção até a morte natural. É uma tragédia que alguns líderes políticos acreditem que facilitar e tornar o suicídio mais acessível seja uma resposta aceitável para a dor e o sofrimento de seus cidadãos”, disse Mullin.

Por fim, o suicídio assistido envolve a prescrição por um profissional médico de um medicamento que o paciente administra para tirar sua própria vida. A eutanásia, por outro lado, é quando um provedor médico atua diretamente para tirar a vida do paciente, geralmente por injeção letal. Isso é ilegal em todos os estados.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

Gospel Prime

Ex-pastor de 83 anos confessa ter matado a filha de 8 anos de outro pastor

O procurador do condado de Delaware, na Pensilvânia, Jack Stollsteimer anunciou que David Zandstra, um pastor aposentado de 83 anos que mora em Marietta, Geórgia, confessou ter sequestrado e assassinado Gretchen Harrington, a filha de 8 anos de outro pastor, quase 50 anos atrás, quando ela estava a caminho de um acampamento bíblico de verão. “O assassinato de Gretchen Harrington tem assombrado os membros da aplicação da lei desde aquele terrível dia em agosto de 1975. As famílias das vítimas […]

today26 de julho de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%