G1 Mundo

Queda de ponte nos EUA: polícia suspende buscas e afirma que 6 desaparecidos estão provavelmente mortos

today27 de março de 2024 4

Fundo
share close

A ponte colapsou após ser atingida por um navio cargueiro. A embarcação tem bandeira de Singapura e tinha como destino o Sri Lanka. As investigações indicam que a tripulação perdeu o controle do navio antes da batida.

Segundo as autoridades, os desaparecidos são seis operários que trabalhavam em uma manutenção no meio da ponte.

A empresa responsável pelos trabalhadores já havia afirmado que provavelmente os operários tinham morrido, devido ao tempo passado desde o acidente e a temperatura da água.



A Guarda Costeira, que também participava das buscas, encerrou sua operação. De acordo com o “New York Times”, o contra-almirante Shannon Gilreath afirmou que não acredita mais que é possível encontrar as pessoas vivas.

Mais cedo, os bombeiros conseguiram resgatar duas pessoas com vida, sendo que uma foi socorrida em estado grave.

Além de mergulhadores, drones com câmeras infravermelhas e sonares auxiliam as buscas.

A polícia afirmou que tinha interrompido o trânsito na ponte pouco antes do impacto do navio, ao saber que a embarcação estava sem controle. Alguns veículos que estavam na via caíram na água, mas as autoridades acreditam que eles não estavam ocupados.

De acordo com a AP, gravações de rádio indicam que uma pessoa chegou a comunicar em uma frequência usada por construtores que o tráfego estava sendo fechado na ponte. No entanto, nenhuma ordem de evacuação foi emitida aos trabalhadores, e a estrutura caiu 30 segundos depois.

Ponte Francis Scott Key, em Baltimore, é destruída após navio colidir com a estrutura — Foto: Harford County MD Fire & EMS/ via Reuters

O navio envolvido no acidente é um porta-contêiner com bandeira de Singapura e tinha como destino o Sri Lanka.

O cargueiro, batizado de Dali, tem 300 metros de comprimento e 48 de largura, de acordo com o site MarineTraffic.

O navio era operado pela empresa Synergy e estava a serviço da companhia dinamarquesa Maersk, de acordo com a CNN. Segundo a operadora, nenhum membro da tripulação ficou ferido na colisão.

Destroços da ponte Fancis Scott Key caem sobre a proa do porta-contêiner Dali após a colisão do navio contra a estrutura em Baltimore, nos EUA — Foto: Julia Nikhinson/Reuters

Para facilitar o trabalho dos bombeiros, a Autoridade de Transporte de Maryland bloqueou todas as vias na região da ponte Francis Scott Key — uma importante ligação entre dois pontos da cidade, cruzando o Rio Patapsco.

O tráfego naval no porto de Baltimore também foi suspenso e não tinha previsão para ser retomado nesta terça-feira. A agência que controla a aviação nos EUA também restringiu o espaço aéreo e pediu para que drones particulares não sobrevoem a região.

O governador de Maryland, Wes Moore, declarou estado de emergência. O secretário de Transporte dos EUA, Pete Buttigieg, disse que está em contato com o governador e com o prefeito de Baltimore, Brandon M. Scott.

Segundo o FBI e o secretário nacional de Segurança Interna, Alejandro Mayorkas, não há indicativo de ato terrorista no incidente, nem de que ele teria sido intencional. De acordo com a rede de TV ABC News, o navio perdeu propulsão enquanto manobrava para sair do porto.

Mapa mostra a localização da ponte Francis Scott Key, em Baltimore — Foto: Editoria de arte/g1

Imagem de arquivo mostra navio cargueiro passando por baixo da ponte Francis Scott Key, em Baltimore — Foto: Brendan Smialowski / AFP

Inaugurada em 1977, a ponte tinha quase 3 quilômetros de extensão e quatro pistas, que ficavam cerca de 55 metros acima das águas. A estrutura também contava com uma ponte levadiça que dava acesso ao porto de Baltimore.

A ponte foi batizada com o nome do autor do poema que deu origem ao hino dos Estados Unidos. Segundo estudiosos, Francis Scott Key escreveu os versos após presenciar o bombardeio do Forte McHenry, em 1814, na região de Baltimore.

VÍDEOS: mais assistidos do g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

Sony Music

Depois do sucesso de “Bençãos Que Não Têm Fim”, Isadora Pompeo lança “Tetelestai”

Depois do sucesso de “Bençãos Que Não Têm Fim”, Isadora Pompeo lança “Tetelestai” Música é a primeira faixa lançada do projeto audiovisual gravado em Belém do Pará Confira: www.SMB.lnk.to/TetelestaiAoVivo Isadora Pompeo surpreendeu ao colocar a música gospel no Top 10 das maiores plataformas de música. Com a canção “Bençãos Que Não Têm Fim”, que tem certificado de Platina Triplo e acumula mais de 66 milhões de plays no Spotify e […]

today26 de março de 2024 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%