G1 Mundo

Quenianos atacam elefante após morte de criança esmagada

today7 de agosto de 2023 13

Fundo
share close

As mudanças climáticas diminuíram a área onde os animais selvagens podem pastar, o que os aproximou das áreas habitadas pelas pessoas.




Quenianos atacam elefante após morte de criança esmagada

Quenianos atacam elefante após morte de criança esmagada

No Quênia há um conflito recente entre pessoas da etnia maasai e elefantes que vivem perto deles.

Segundo os moradores, no sábado um grupo de elefantes atacou uma mãe com um filho de 3 anos. A criança morreu esmagada por um dos animais.

No domingo, alguns maasai conseguiram encurralar e matar um elefante com lanças.

Após o ataque, funcionários do Serviço de Vida Selvagem do Quênia convocaram reuniões com a comunidade para tentar acalmar os ânimos e encontrar uma solução para as tensões contínuas entre os moradores e os animais.

Este não é o primeiro ataque mortal por um animal ou retaliação da comunidade maasai na região.

O analista de conservação Mordecai Odaga afirma que este incidente mais recente demonstra que as tensões entre as pessoas e a vida selvagem são crescentes, em parte devido às mudanças climáticas que diminuíram a área onde os animais selvagens podem pastar, o que os aproximou das áreas habitadas pelas pessoas.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%