G1 Mundo

Raoni não consegue falar com Lula em Cúpula da Amazônia e é recebido por ministros em copa

today9 de agosto de 2023 12

Fundo
share close

Raoni disse que terá que “puxar a orelha” do presidente Lula na próxima vez que encontrá-lo, já que este é o segundo encontro frustrado dos dois. (veja vídeo abaixo)

Cacique Raoni não consegue falar com Lula e é recebido por ministros.



Cacique Raoni não consegue falar com Lula e é recebido por ministros.

O indígena Caiapó não foi recebido por Lula, que participava de reunião fechada com os presidentes e representantes dos oito países amazônicos, mas foi recebido por uma comitiva de ministros na copa do “Hangar Centro de Convenções & Feiras da Amazônia”.

Estavam presentes as ministras Marina Silva (Meio Ambiente), Sônia Guajajara (Povos Indígenas), Nísia Trindade (Saúde) e o ministro Márcio Macedo (Secretaria-Geral).

O sobrinho-neto de Raoni, Patxon Okreãjti, que acompanhava o cacique, disse que esperavam ter sido convidados para a Cúpula. “À princípio, o cacique não estava na programação dessa cúpula, o que a gente também não entendeu bem”, disse. “O presidente Macron disse que se encontraria com Lula e o cacique Raoni na Cúpula.”

Okreãjti disse que Raoni foi informado da reunião de Lula com os presidentes dos países amazônicos e que pediu para ir ao encontro. “Lula ficou sabendo que o cacique queria entrar, falou: ‘aguarde, pede para ele almoçar, eu vou falar com o cacique depois reservado'”, disse. “Acredito que ele iria encontrar o cacique Raoni, mas o cacique precisava retornar com voo marcado”.

Macedo afirmou que Lula não pode receber Raoni e os indígenas caiapós por estar em uma reunião bilateral com o presidente da Bolívia, Luis Arce, e na sequência receberia Gustavo Petro, presidente da Colômbia. “Nós não podemos fazer isso não, mas ele, que Lula gosta muito dele, pode puxar a orelha de Lula que Lula vai deixar”, disse Macedo, em momento registrado pela TV Globo.

Raoni estava nesta terça em Belém, no Pará, onde acontece a Cúpula e foi ao evento para conversar com Lula. O grupo disse que foi informado de que poderia ser recebido pelo presidente depois do almoço. Em entrevista à BBC News Brasil já em Belém, Raoni disse que pediria para o presidente não explorar petróleo na Amazônia.

Este é o segundo encontro frustrado entre Raoni e Lula. O presidente era esperado pelo indígena em São José do Xingu, no Mato Grosso, em 28 de julho, mas não pode ir por conta de dores no quadril e foi representado pela ministra Sonia Guajajara.

Divergência sobre petróleo

A questão do petróleo se tornou o principal assunto desta Cúpula. O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, criticou durante a plenária de presidentes que o assunto dos combustíveis fósseis não seja tratado com a devida atenção pela política, da mesma forma como é pela sociedade civil e pela academia.

O governo brasileiro está dividido sobre a questão da exploração de petróleo no bioma. O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, defende que a Petrobras possa fazer pesquisas para avaliar a viabilidade de petróleo na foz do Amazonas.

Cúpula da Amazônia: Lula, Helder e Sonia Guajajara durante reunião no evento. — Foto: Reprodução / Canal Gov

Por outro lado, a ala ambiental, puxada pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, pede cautela e decisões baseadas em dados científicos para a tomada de decisões.

Raoni pediu forças aos ministros para que possam combater o garimpo em terras indígenas e cobrou pró-atividade. “Seja forte”, disse o indígena para a ministra Marina Silva.

Marina informou ao grupo de indígenas que o governo federal está buscando recompor as equipes de fiscalização e atenção à saúde indígena através de concursos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

muro-de-contencao-cai-sobre-casas-e-‘destroi’-escadaria-em-morro-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Muro de contenção cai sobre casas e ‘destrói’ escadaria em morro no litoral de SP; VÍDEO

Segundo a Prefeitura de Santos, funcionários de uma empresa contratada pelo município atingiram por acidente uma tubulação e causaram vazamento de água e esgoto, que provocou a queda da parede. Muro cai sobre casas e 'destrói' escadaria após vazamento em obra em morro em Santos, SP Um muro de contenção caiu sobre três casas durante obras em um morro em Santos, no litoral de São Paulo, nesta terça-feira (8). Segundo […]

today8 de agosto de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%