G1 Mundo

Rei Charles III retira de Harry e Meghan residência no Reino Unido

today1 de março de 2023 13

Fundo
share close

O rei Charles III retirou do filho Harry e de sua nora Meghan Markle, que moram nos Estados Unidos, o uso de Frogmore Cottage, a residência do casal no Reino Unido, segundo afirmou a imprensa britânica nesta quarta-feira (1º).

Frogmore Cottage foi concedida como residência aos duques de Sussex pela rainha Elizabeth II em 2018 como presente de casamento. A residência tem cinco quartos e fica perto do Castelo de Windsor, no oeste de Londres.

De acordo com o jornal “The Sun”, o Palácio de Buckingham enviou “um aviso de expulsão” ao casal, que deixou o Reino Unido em 2020 e, desde então, tem multiplicado os ataques contra a família real.



As caras obras de reforma que o casal fez, de mais de US$ 2,4 milhões (em torno de R$ 12,5 milhões), financiados com dinheiro público, causaram um escândalo, e o príncipe Harry teve de devolver o valor.

Ainda segundo o “The Sun”, Charles III não propôs uma nova residência aos duques de Sussex, o que significa que não terão residência real durante suas poucas visitas ao Reino Unido.

Esta decisão parece ser uma retaliação pela publicação, no início deste ano, do livro de memórias do príncipe Harry “O que sobra”. Nele, o filho caçula do monarca britânico faz um acerto de contas com sua família.

O “The Sun” afirmou também que o rei pediu ao príncipe Andrew, seu irmão, que se mudasse para Frogmore Cottage. A ideia é reduzir as despesas do irmão mais novo, que hoje vive em uma luxuosa propriedade em Windsor.

Procurado pela AFP, o Palácio de Buckingham não quis comentar essas informações.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

e-preciso-investir-no-combate-a-crise-climatica-como-fazemos-na-guerra-da-ucrania,-diz-kerry

G1 Mundo

É preciso investir no combate à crise climática como fazemos na guerra da Ucrânia, diz Kerry

A afirmação é do enviado especial dos Estados Unidos para o clima, John Kerry, em entrevista exclusiva à BBC News Brasil, na terça-feira (28). Ele reconheceu que tem sido mais fácil convencer o Congresso americano a liberar recursos para a guerra na Ucrânia do que para enfrentar a crise climática, que ele próprio classifica como uma "ameaça existencial" à humanidade. A admissão de dificuldades para obter mais recursos para o […]

today1 de março de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%