G1 Mundo

Relatório da ONG Human Rights Watch destaca situação do Brasil após fim do governo Bolsonaro

today13 de janeiro de 2023 7

Fundo
share close

O relatório anual da ONG Human Rights Watch (HRW) foi publicado nesta quinta-feira (12) e destaca diversas situações que ferem os direitos humanos em diversos países. Em uma das partes desse texto, o Brasil é citado com ênfase nos acontecimentos durante o último ano de governo Bolsonaro e o início do governo de Lula.

O relatório diz que, ao longo de seu mandato, o ex-presidente Jair Bolsonaro atacou e insultou ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e jornalistas. O texto afirma ainda que ele tentou minar a confiança no sistema eleitoral com alegações infundadas de fraude eleitoral e reforça que a violência política aumentou durante o período de eleições.

A publicação lembra que, em julho, Bolsonaro disse a dezenas de embaixadores que o sistema eleitoral do Brasil não era confiável e que em setembro, o ex-presidente afirmou que se não obtivesse 60% dos votos, ‘algo de anormal’ teria acontecido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).



“O ataque de 8 de janeiro às instituições democráticas brasileiras não foi um episódio isolado, mas sim o resultado de uma série de ofensivas contra o sistema democrático durante os quatro anos em que Jair Bolsonaro foi presidente”, disse a diretora da Human Rights Watch no Brasil, Maria Laura Canineu, na nota.

Bolsonaristas criminosos quebraram cadeiras do plenário do Supremo Tribunal Federal durante ataque terrorista no dia 8 de janeiro de 2022 — Foto: George Marques/Reuters

Para o relatório, alguns pontos pioraram consideravelmente no que diz respeito aos direitos humanos.

  • Insegurança alimentar;
  • Destruição ambiental;
  • Restrição de direitos sexuais;
  • Violência policial;
  • Desigualdade e
  • Racismo

O relatório ainda diz que uma das maneiras de reduzir os prejuízos é dar mais independência ao Judiciário.

O texto tem 712 páginas e destaca também a situação ambiental do Brasil, em específico na Amazônia, relembrando passagens como as mortes de Dom Phillips e Bruno Pereira.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

falha-que-paralisou-voos-nos-eua-revela-sistemas-de-trafego-aereo-obsoletos-no-pais

G1 Mundo

Falha que paralisou voos nos EUA revela sistemas de tráfego aéreo obsoletos no país

A falha, que deixou mais de 11.000 voos em solo por uma hora e meia, revelou as dificuldades que a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês) tem tido para modernizar sua tecnologia. A paralisação, causada pela pane no sistema de alerta que envia mensagens de segurança para pilotos, ocorreu menos de duas semanas depois de um sistema crítico de controle de tráfego aéreo também […]

today13 de janeiro de 2023 15

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%