G1 Santos

Rins de paciente diagnosticada com Covid-19 são doados para transplante em SP

today2 de julho de 2022 17

Fundo
share close

Captação dos órgãos foi a primeira da rede municipal de Santos (SP) a seguir a Norma Técnica nº 24 do Ministério da Saúde, que permite o procedimento nos casos em que a morte não esteja relacionada à doença.

Rim doado pertencia à uma paciente de 57 anos, que morreu em decorrência de um AVC — Foto: Divulgação



Dois rins de uma paciente diagnosticada com Covid-19, que faleceu em consequência de um acidente vascular cerebral (AVC), em Santos, no litoral de São Paulo, foram doados para transplante na madrugada desta sexta-feira (1º). De acordo com a prefeitura, a captação dos órgãos foi a primeira da rede a seguir a Norma Técnica nº 24 do Ministério da Saúde (MS), que permite o procedimento com pessoas que testaram positivo para coronavírus, mas que a morte não estivesse relacionada à doença.

A doadora dos rins era uma paciente de 57 anos, que estava internada no Hospital de Pequeno Porte (HPP). A morte encefálica foi atestada por três médicos, que não integram as equipes de transplante.

A Seção de Captação de Órgãos (Secapt) da secretaria de Saúde de Santos, responsável pela ação, notificou a morte para a Organização de Procura de Órgãos (OPO) da Escola Paulista de Medicina (EPM). Em seguida, equipes da Secapt e da OPO entrevistaram a família da paciente sobre a possibilidade de doação de órgãos e tecidos.

Segundo a prefeitura, os órgãos já constam na lista única da Central Estadual de Transplantes, e os rins foram encaminhados pela rede municipal de saúde à Central.

Doação de órgãos de pacientes com Covid-19

A nota técnica do Ministério da Saúde explica que a ausência de casos documentados de transmissão de Covid-19 em transplantes de órgãos, exceto para o pulmão, oferece a possibilidade de atualizar os critérios de triagem em alguns casos de infecção. No conteúdo divulgado pelo município, a pessoa que receberá o transplante conta a alternativa de aceitar o doador após analisar o risco-benefício.

“Visando a segurança do receptor, todos os potenciais doadores devem ser submetidos à triagem clínica e epidemiológica cuidadosa, incluindo as informações sobre a exposição ao vírus, e triagem laboratorial, de forma a identificar possíveis contraindicações para a doação”, esclarece na nota.

Equipe da Secapt encaminhou o órgão á Central Estadual de Transplantes — Foto: Divulgação/Prefeitura de Santos

A Prefeitura de Santos acrescenta que a norma técnica leva em consideração toda a história clínica do doador, como, por exemplo, se houve sintomas nos últimos 14 dias e se tinha comorbidade.

A administração municipal ressalta também que a norma técnica traz avanços para a redução da fila de transplantes, pois, até pouco tempo, o doador que testasse positivo para Covid-19 tinha os órgãos descartados para a doação.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

procurador-geral-da-republica-contesta-lei-que-preve-salario-esposa-a-servidores-de-cidade-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Procurador-geral da República contesta lei que prevê salário-esposa a servidores de cidade no litoral de SP

Benefício é garantido a servidores casados há pelo menos cinco anos. Para cujas companheiras não exerçam atividade remunerada. Augusto Aras contestou no STF lei de São Vicente que prevê o pagamento de salário-esposa a servidores — Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo O procurador-geral da República, Augusto Aras, contestou no Supremo Tribunal Federal (STF) uma lei municipal de São Vicente, no litoral de São Paulo, que prevê o pagamento de salário-esposa a […]

today2 de julho de 2022 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%