G1 Mundo

Rio com cinco cores, banho de lama vulcânico e um dos melhores café do mundo: veja a cultura, as histórias e os sabores da Colômbia

today24 de fevereiro de 2024 10

Fundo
share close

Foram exploradas as vibrantes cores do rio conhecido como “arco-íris líquido”, além dos lugares de onde vieram os enredos das obras do escritor colombiano Gabriel Garcia Márquez.

A preferência nacional pela bebida de origem inca também foi abordada, assim como os segredos por trás do café que faz sucesso no mundo inteiro.

Além disso, os repórteres entraram na boca de vulcão e mergulharam numa piscina de lama. Os mistérios de um castelo construído com o intuito de confundir potenciais inimigos também foram destacados.



Plantas aquáticas transformam rio na Colômbia em ‘arco-íris líquido’ com cinco cores

Plantas aquáticas transformam rio na Colômbia em ‘arco-íris líquido’ com cinco cores

A expedição começou com um passeio pelo Rio Guayabero, no centro do país, com destino ao Parque Nacional Natural da Serra de Macarena, que fica dentro do Escudo das Guianas, uma das formações geológicas mais antigas da Terra.

Lá fica o rio Caño Cristales, considerado pelos colombianos como o mais bonito do mundo, que surpreende por sua riqueza de cores. Veja no vídeo acima.

Plantas aquáticas transformam rio na Colômbia em ‘arco-íris líquido’ com cinco cores — Foto: Reprodução/TV Globo

🥛Bebida de origem inca que chegou a ser proibida

Chincha: conheça a bebida alcoólica que chegou a ser proibida na Colômbia

Chincha: conheça a bebida alcoólica que chegou a ser proibida na Colômbia

Originária do povo Inca e feita à base de milho, a chicha pode ser encontrada à venda em diversos estabelecimentos. No entanto, durante a década de 1940, a chicha chegou a ser proibida na Colômbia, como resultado da intensa campanha de uma cervejaria alemã que se instalava no país. Diziam que a bebida era feita sem higiene, viciava e enchia as prisões.

Hoje em dia sua fabricação é regulamentada por órgãos sanitários, e apenas 20 vendedores ambulantes são autorizados a vendê-la na área.

Chincha: conheça a bebida alcoólica que chegou a ser proibida na Colômbia — Foto: Reprodução/TV Globo

Globo Repórter visita lugares de onde vieram enredos dos livros de Gabriel García Márquez

Globo Repórter visita lugares de onde vieram enredos dos livros de Gabriel García Márquez

O programa também foi até Cartagena das Índias e percorreu os caminhos que serviram de inspiração para o estilo literário do escritor Gabriel García Márquez, Nobel de Literatura.

Influenciado por sua experiência como repórter, Márquez incorporou a riqueza cultural de Cartagena em obras como “Amor nos Tempos do Cólera”. Um exemplo são os datilógrafos mencionados no livro. Alguns, como o Júlio, trabalham no centro da cidade até hoje.

Globo Repórter visita lugares de onde vieram enredos dos livros de Gabriel García Márquez — Foto: Reprodução/TV Globo

☕O segredo do café que faz sucesso no mundo inteiro

Os segredos do café colombiano que faz sucesso no mundo

Os segredos do café colombiano que faz sucesso no mundo

Um dos mais admirados do mundo, o café colombiano também está presente no programa.

O Globo Repórter foi até um cafezal em Cartagena, em uma das propriedades mais bonitas e tradicionais do país, responsável por exportar café para os Estados Unidos e para o Canadá. Por lá, o programa descobriu os segredos por trás do sucesso dessa bebida. Veja no vídeo acima.

Café colombiano — Foto: Reprodução/TV Globo

🏰Mistérios do castelo construído para confundir os inimigos

Os mistérios do Castelo de San Felipe, na Colômbia construído para confundir os inimigos

Os mistérios do Castelo de San Felipe, na Colômbia construído para confundir os inimigos

Em Cartagena das Índias, também encontra-se o Castelo de San Felipe, considerado a maior obra espanhola nas Américas. A construção que começou no século 16 é a maior prova do poder que os espanhóis conquistaram no Atlântico colombiano.

Da parte de cima, eles tinham uma visão de 360 graus da cidade e tentavam evitar a invasão – seja por mar ou por terra – de ingleses, franceses e piratas.

E mesmo que conseguissem transpor as muralhas, os invasores enfrentariam um labirinto de túneis feitos para confundir e enganar os inimigos, além de um sistema acústico que permite capturar passos a 500 metros de distância.

“San Felipe era o que a Espanha tinha de mais potente para nos defender dos ataques. E hoje se apresenta para o mundo como um monumento de alto nível cultural”, diz a guia turística, Angélica María Cuadrado.

Os mistérios do Castelo de San Felipe, na Colômbia construído para confundir os inimigos — Foto: Reprodução/TV Globo

🌋’Piscina’ de lama vulcânica?

'Piscina' de lama vulcânica com propriedades curativas e poder rejuvenescedor que é atraçã

‘Piscina’ de lama vulcânica com propriedades curativas e poder rejuvenescedor que é atraçã

A Colômbia ainda faz parte do círculo de fogo do Pacífico, a região mais sujeita a vulcões de todo o planeta.

O vulcão ‘El Totumo’, de 15 metros de altura que, em vez de lava, expele uma lama com propriedades curativas e poder rejuvenescedor atrai visitantes que mergulham na “piscina de lama”. Veja no vídeo acima.

‘Piscina’ de lama vulcânica com propriedades curativas e poder rejuvenescedor é atração na Colômbia — Foto: Reprodução/TV Globo

Veja a íntegra do programa abaixo:

Globo Repórter – Colômbia – 23/02/2024

Globo Repórter – Colômbia – 23/02/2024

Confira as últimas reportagens do Globo Repórter:




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ucrania-enfrenta-o-momento-mais-perigoso-e-delicado,-dois-anos-apos-a-invasao-russa

G1 Mundo

Ucrânia enfrenta o momento mais perigoso e delicado, dois anos após a invasão russa

O país comandado por Volodymyr Zelensky resiste como pode: falta munição, a ajuda de US$ 60 bilhões está empacada no Congresso americano, outra guerra, a de Israel em Gaza, monopoliza as atenções da opinião pública internacional, e o cotidiano brutal dos confrontos já não mobiliza o Ocidente como no início da invasão russa, há dois anos. Os próximos 12 meses serão determinantes no futuro da guerra. Tanto Putin como o […]

today24 de fevereiro de 2024 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%