G1 Mundo

Risco de fuga ‘elevado’ deve manter Daniel Alves na prisão, afirma advogada de acusação

today16 de fevereiro de 2023 14

Fundo
share close

Nesta quinta-feira (16), em uma audiência sobre o caso para decidir se Alves segue ou não em prisão, a acusação apresentou supostos indícios mais concretos de que Alves deixará a Espanha e irá ao Brasil em um avião particular caso seja solto. Sua defesa negou.

A advogada da suposta vítima, Ester García, disse ter visto indícios de que a prisão preventiva será mantida.

“Mantivemos a mesma postura que fizemos no escrito de acusação, então entendemos que a prisão preventiva (de Daniel Alves) será mantida, não só por haver indícios de criminalidade, mas também porque existe um risco de fuga elevado”, declarou a advogada da suposta vítima, Ester García, na saída da audiência, em um tribunal no centro de Barcelona.



A Justiça determinou então que ele ficasse em prisão preventiva, onde está há quase um mês. A decisão sobre se ele será solto ou não pode sair ainda nesta quinta ou nos próximos dias.

A advogada da suposta vítima contou ainda a jornalistas na porta do tribunal que sua cliente está em tratamento psiquiátrico e não sai de casa. “Não seria justo que ele ficasse em liberdade enquanto minha cliente está aprisionada e em trauma”, afirmou.

Entenda prisão preventiva de Daniel Alves por suposta agressão sexual na Espanha

Entenda prisão preventiva de Daniel Alves por suposta agressão sexual na Espanha

Na sessão, a acusação argumentou também que não há provas suficientes de que Alves ainda tem vínculos para permanecer na Espanha – ele não joga mais pelo Barcelona, e sua mulher, a modelo espanhola Joana Sanz, apagou as fotos do casal em sua conta em uma rede social.

A defesa, no entanto, alegou já ter dado todos as garantias de que o brasileiro não sairá do país – como a sugestão de ele use uma pulseira eletrônica, entregue seus passaportes e se apresente diariamente às autoridades em Barcelona.

Na audiência, o advogado de Alves afirmou também que imagens da discoteca mostram que a jovem de 23 anos entrou voluntariamente no banheiro onde estava o jogador brasileiro – foi lá, segundo a acusação, que ocorreu o suposto estupro. A defesa voltou a insistir que se tratou de uma relação consensual.

O caso ainda não foi a julgamento – a Justiça da Espanha tem uma etapa inicial, chamada de instrução, na qual analisa uma acusação para decidir se a leva a julgamento.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

a-estudante-russa-presa-por-post-no-instagram-contra-guerra-na-ucrania

G1 Mundo

A estudante russa presa por post no Instagram contra guerra na Ucrânia

Isso porque Olesya, de 20 anos, está em prisão domiciliar. Ela usa uma tornozeleira eletrônica. A polícia pode monitorar cada movimento dela. Seu suposto crime? Olesya foi presa por fazer postagens contra a guerra da Ucrânia nas redes sociais. Um dos posts dizia respeito à explosão da ponte que ligava a Rússia à Crimeia, em outubro do ano passado. "Eu postei um story sobre a ponte no Instagram", disse Olesya […]

today16 de fevereiro de 2023 17

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%