G1 Mundo

Robert de Niro ataca Trump em carta: ‘Demoníaco’ e ‘quero ser durão sem moral e ética’

today13 de outubro de 2023 10

Fundo
share close

A fala foi parte de um comunicado lido durante o encontro “Pare Trump”, ocorrido em Nova York, e organizado pela revista New Republic. O ator estaria presencialmente no evento, mas testou positivo para Covid e não pôde comparecer. Assim, enviou o comunicado, lido na última quarta-feira (13) por Miles Taylor, ex-funcionário da administração do governo Trump, que publicou livro contra o ex-presidente.

No comunicado, De Niro, de 80 anos, fala sobre a sua vasta experiência como ator, e da forma como se preparava para interpretar personagens maus, e que tinham uma vida complicada. E disse que Trump é ainda pior que eles.

“Eu passei muito tempo estudando homens ruins. Eu examinei as características deles, os trejeitos, a banalidade da crueldade deles. E ainda assim tem algo diferente sobre Donald Trump. Quando olho para ele, eu não vejo um homem mau. Vejo um homem demoníaco”, falou o ator, em trecho da sua carta.



Robert de Niro afirmou, ainda, que Trump não tem “senso de certo ou errado” e que o ex-presidente é o responsável pela crise que o país viveu em 2020 por causa da Covid.

“Esse cara tenta ser gangster, mas não consegue. Ele é um cara do tipo ‘quero ser durão’ que não tem moral e ética. Não se importa com ninguém a não ser ele mesmo – nem as pessoas que ele deveria liderar e proteger, nem as pessoas com quem ele negocia, nem as pessoas que o seguem cegamente e fielmente, nem mesmo as pessoas que se consideram amigas dele. Ele não se importa com nenhum deles”, atacou.

Pai pela sétima vez em março deste ano, De Niro ainda tentou falar para os fãs de Trump, dizendo que eles “não são burros” e que “não devem ser condenados por fazerem uma escolha ruim”. E que com eles, a discussão deve ser outra.

“Não vamos falar sobre democracia. Ela pode ser o nosso norte sagrado, mas para outros é apenas uma palavra, e sob o comando de Trump, eles apenas viraram as costas para ela. Vamos então falar do que é certo e errado. Vamos falar de humanidade, de gentileza. Segurança para o nosso mundo e as nossas famílias. Decência. Vamos permitir o retorno deles”, bradou.

Não é a primeira vez que o ator de filmes como Homens de Honra (2011), O Poderoso Chefão (1974), Os Bons Companheiros (1990), Os Intocáveis (1987) e outros, e ainda ganhador de dois Oscars e um Globo de Ouro, critica Trump. Em 2016, durante a campanha do empresário à presidência, ele rendeu críticas pesadas ao hoje ex-presidente.

“Ele é descaradamente estúpido. Ele é um cachorro, um porco. Um golpe. Um artista de m… . Um vira-latas que não sabe o que está falando”, falou na ocasião. E em 2019, De Niro falou que “mal podia esperar para vê-lo na prisão”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-labirinto-de-tuneis-em-gaza-que-hamas-diz-ser-maior-que-metro-de-londres

G1 Mundo

O labirinto de túneis em Gaza que Hamas diz ser maior que metrô de Londres

“Pense na Faixa de Gaza como uma camada para os civis e outra camada para o Hamas. Estamos tentando chegar a essa segunda camada que o Hamas construiu”, disse um porta-voz das Forças de Defesa de Israel (IDF) em um vídeo na quinta-feira. “Estes não são bunkers para civis de Gaza. São apenas para o Hamas e outros terroristas, para que possam continuar a disparar foguetes contra Israel, a planejar […]

today13 de outubro de 2023 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%