G1 Santos

Roupas do suspeito que soltou rojão e matou turista no litoral de SP foram identificadas, diz delegado

today5 de janeiro de 2023 14

Fundo
share close

O caso aconteceu na faixa de areia da praia, na altura do bairro Nova Mirim. A Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados e a morte de Elisângela foi constatada no local. A ocorrência é investigada pelo 1º DP de Praia Grande.

O delegado, em entrevista ao programa Encontro com Patricia Poeta, nesta quinta-feira (5), afirmou que a equipe de investigação continua colhendo imagens e procurando novas testemunhas que possam auxiliar na identificação de quem soltou o rojão.



Novo vídeo mostra rojão 'desviando no ar' e explodindo no peito de jovem que morreu

Novo vídeo mostra rojão ‘desviando no ar’ e explodindo no peito de jovem que morreu

O vídeo, obtido pelo produtor Luiz Linna, da TV Tribuna, emissora afiliada à TV Globo, mostra que o rojão estava posicionado a alguns metros de distância de Elisângela. O acidente aconteceu em menos de 10 segundos, do momento da ignição à explosão do artefato. “A gente consegue visualizar que a pessoa que soltou está de branco, com uma bermuda vermelha” (veja o vídeo acima).

Segundo o Nascimento, o trabalho é incessante. Além da buscar por mais imagens, câmeras de monitoramento e testemunhas, o próximo passo é juntar os laudos periciais e os laudos do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (IC).

Elisângela Tinem, de 38 anos, morreu logo após a explosão do artefato, na virada do ano em Praia Grande (SP) — Foto: Reprodução

“Além da parte criminal, que nos cabe investigar pela Polícia Civil, tem a parte administrativa, que fica a cargo da prefeitura e ele [o suspeito] pode ser multado. Ele pode responder por homicídio culposo, ou na pior das intenções, por homicídio doloso por ter assumido o risco de produzir o resultado”, explicou.

A empresa que vendeu o rojão também pode ser responsabilizada, segundo o delegado. “A gente tem a intenção de chegar à empresa que comercializou, se é de Praia Grande ou não”, finalizou.

Ao g1, Tamiris Tinem, irmã de Elisângela, contou que estava ao lado dela quando a tragédia aconteceu na faixa de areia da praia localizada no bairro Nova Mirim. Ela relata que, assim começou a queima de fogos na noite do dia 31 de dezembro, todos viram uma luz muito forte vindo na direção da família.

“Infelizmente, acertou a minha irmã em cheio. Quando vimos as faíscas não percebemos que era realmente um rojão. Nossa reação foi ir em direção a ela para ajudar, mas quando demos o primeiro passo, o rojão explodiu. Minha irmã não teve nem tempo de pensar em se salvar. Ela já caiu morta, tudo isso na nossa frente. Foi a pior cena de toda a nossa vida”, relembra Tamiris.

Além da PM, o Samu também atendeu o caso. De acordo com a Prefeitura de Praia Grande, o serviço foi acionado para socorrer uma vítima de queimadura e explosão ocasionada por fogos de artifícios. Os profissionais identificaram que a mulher havia sido atingida pelo artefato na região do tórax. Ela teve a morte constatada no local.

A ocorrência foi registrada como homicídio e lesão corporal culposa na Central de Polícia Judiciária de Praia Grande (CPJ). O caso foi encaminhado ao 1º DP da cidade, que tenta identificar e encontrar o autor do crime.

Em nota, a Prefeitura de Praia Grande ressaltou que, de acordo com Lei Municipal n° 744, de outubro de 1991, é proibido a venda e comercialização de fogos de artifício na cidade. É também o proibido o manuseio, a queima e a soltura de fogos de acordo com a Lei nº 1986 de 8 de abril de 2020 e suas alterações posteriores, como a Lei nº 2143 de 20 de dezembro de 2022.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

time-ora-de-joelhos-apos-jogador-sofre-parada-cardiaca

Gospel Prime

Time ora de joelhos após jogador sofre parada cardíaca

Na segunda-feira (2) à noite, o jogo entre os Buffalo Bills e Cincinnati Bengals precisou ser adiado após o colapso de Damar Hamlin, no campo. De acordo com Sports Spectrum, ele havia atacado o receptor da Bengals, Tee Higgins, depois se levantou rapidamente, mas imediatamente desmaiou, os treinadores correram para ajudar. Desta forma, começaram os primeiros socorros e logo Hamlin foi colocado em uma ambulância e levado para o Centro […]

today5 de janeiro de 2023 43

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%