G1 Mundo

Rússia diz que está em contato com EUA sobre tratado nuclear, mas não deve retomar acordo

today10 de março de 2023 11

Fundo
share close

A Rússia disse nesta sexta-feira (10) que ainda está em contato com os Estados Unidos sobre seu último tratado de armas nucleares, apesar de ter suspendido a participação nele no mês passado, e que tem poucas perspectivas de voltar ao acordo.

Segundo a agência de notícias RIA, o vice-ministro das Relações Exteriores, Sergei Ryabkov, afirmou não ter expectativas de um progresso significativo nos contatos entre Moscou e Washington sobre o tratado New Start.

O acordo de 2010 limita o número de ogivas nucleares estratégicas que cada lado pode ter. O presidente Vladimir Putin anunciou no mês passado que Moscou suspenderia o tratado, acusando os EUA de tentar infligir uma “derrota estratégica” à Rússia na Ucrânia.



“Uma oportunidade hipotética para retornar a todo esse assunto só pode surgir quando e se Washington reconsiderar seu curso de escalada destrutiva em relação à Federação Russa, que em todos os aspectos é inaceitável e destrutivo para o que você pode chamar de resquícios de nossas relações entre Moscou e Washington”, disse Ryabkov à agência.

A Rússia afirmou que seguirá os limites numéricos do tratado para ogivas, mas Ryabkov descartou a retomada das inspeções mútuas previstas no tratado, dizendo que isso é “impossível”.

O New Start é o único pacto de armas nucleares remanescente entre os dois países, sucessor de uma série de acordos que datam da década de 1970 que interromperam a corrida armamentista da Guerra Fria entre os EUA e a União Soviética.

Analistas de segurança dizem que o colapso do acordo, ou o fracasso em renová-lo quando expirar em 2026, aumentará os riscos nucleares em um momento de maior confronto entre os dois países na guerra da Rússia na Ucrânia.

Putin promete fortalecer arsenal nuclear da Rússia

Putin promete fortalecer arsenal nuclear da Rússia




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

juiz-canadense-decide-que-e-legal-mostrar-o-dedo-medio:-‘direito-dado-por-deus’

G1 Mundo

Juiz canadense decide que é legal mostrar o dedo médio: ‘Direito dado por Deus’

Em sua decisão, o juiz Dennis Galiatsatos afirma que não apenas o réu Neall Epstein não era culpado, mas que o fato de ele ter sido preso e processado era uma injustiça desconcertante. "Para ser bem claro, não é crime mostrar o dedo a alguém", escreveu o juiz em sua decisão de 24 de fevereiro. "É um direito dado por Deus e consagrado na Constituição que pertence a todo canadense […]

today10 de março de 2023 19

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%