G1 Mundo

Rússia muda regras para alistamento e fará convocação digital de militares

today13 de abril de 2023 10

Fundo
share close

As cenas caóticas exibidas após o último recrutamento de soldados russos mostravam os aeroportos lotados de homens que fugiam às pressas do país para escapar da guerra que Vladimir Putin promove na Ucrânia. O Kremlin tratou de enterrar essa alternativa. A convocação de militares será eletrônica e emitida pelo portal de serviços do governo, o Gosuslugi, de acordo com a lei aprovada às pressas pela Duma, a Câmara Baixa do Parlamento.

O novo método de alistamento equivale a uma caçada ao recruta em potencial e impossibilita a sua fuga. Uma vez emitida a intimação eletrônica, ele tem 20 dias para se apresentar ao cartório de alistamento mais próximo e não pode mais sair do país, vender imóveis ou pedir empréstimos. Quem não comparecer, enfrentará medidas duras, como a proibição de dirigir e receber benefícios estatais.

A convocação por escrito, como é feita atualmente, permite essas brechas, pois precisa ser entregue pessoalmente. O portal Gosuslugi já abrange pagamentos e serviços estatais e se estenderá ao alistamento militar.



Russos chegam ao aeroporto de Erevan, na Armênia — Foto: Karen MINASYAN / AFP

Quando o Kremlin anunciou, no ano passado, a mobilização de 300 mil homens para as forças armadas, o pânico se alastrou em forma de fuga em massa e protestos de rua. Segundo estimativas do Ministério da Defesa do Reino Unido, a Rússia sofreu 200 mil baixas na guerra, entre mortos e feridos.

O Ministério da Defesa solicitou recentemente, e Putin assentiu, o aumento de seu contingente de 1,15 milhão para 1,5 milhão. O alistamento este ano prevê a contratação de 521 mil militares — 116 mil a mais do que em 2022 — e um esforço hercúleo do governo para encontrar militares profissionais. Além disso, a idade mínima para o recrutamento, entre 18 e 27 anos, será ampliada e ficará entre 21 e 30 anos.

Reunião da DUMA que decidiu pela convocação militar de forma digital — Foto: Assembleia Federal da Rússia via AP

Com as regras aprovadas pela Duma fica evidente o ataque preventivo do Kremlin no caso de uma nova mobilização, ainda não anunciada. Prepara também os russos para a realidade de uma guerra ainda mais longa e a demanda contínua de fortalecer o exército combalido pelos 13 meses na frente de batalha ucraniana.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

menina-de-4-anos-leva-mais-de-40-pontos-no-rosto-por-mordida-de-cachorro

G1 Mundo

Menina de 4 anos leva mais de 40 pontos no rosto por mordida de cachorro

Luna, uma menina de 4 anos moradora de Nuneaton, no Reino Unido, foi atacada no rosto por um cachorro da raça Bulldog Americano na última sexta-feira (7). Ela foi levada às pressas para um hospital da região onde foi atendida e passou por cirurgias para fechar os ferimentos e reconstruir possíveis danos no rosto. Segundo sua mãe, Amy Hobson, ela levou mais de 40 pontos. Ao jornal inglês "The Mirror" […]

today13 de abril de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%