G1 Santos

Saída temporária beneficia mais de 3 mil presos na Baixada Santista

today14 de setembro de 2023 2

Fundo
share close

Mais de 3 mil presos foram beneficiados pela concessão da saída temporária, na Baixada Santista, no litoral de São Paulo. No mês de setembro, estava prevista a terceira das quatro saídas temporárias previstas por lei para os presos em regime semiaberto. Os detentos devem retornar aos presídios na próxima segunda-feira (18).

Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), o Poder Judiciário autorizou a saída temporária de 2 reeducandos do regime semiaberto em Praia Grande, 2.160 em Mongaguá e 863 em São Vicente. No total, 3.025 mil presos deixaram os presídios na última terça-feira (12).

O benefício, concedido pela Justiça, é utilizado como uma forma de ressocialização dos presos para manutenção de seus vínculos fora do sistema prisional. De acordo com a lei, os presos em regime semiaberto têm direito a quatro saídas, de sete dias cada, por ano.



O calendário das saídas é definido pelo Poder Judiciário. Em 2023, a primeira saída ocorreu entre os dias 14 e 20 de março; a segunda, entre os dias 13 e 19 de junho; a terceira, entre os dias 12 e 18 de setembro e a quarta está prevista entre os dias 23 de dezembro e 3 de janeiro.

Para ter acesso ao benefício, é necessário que o preso cumpra sua pena em regime semiaberto. Além disso, até a data da saída, é necessário que 1/6 da pena tenha sido cumprida, caso o preso seja primário, e 1/4 caso seja reincidente. A concessão da saída é realizada apenas aos presos que apresentem boa conduta carcerária.

Durante as saídas, o preso deve fornecer à Justiça um endereço onde possa ser encontrado enquanto estiver fora do sistema prisional. O cadastramento do local é feito e a pessoa responsável é consultada a respeito da recepção do detento. Os presos devem manter o mesmo comportamento que é previsto dentro do presídio ou trabalho externo.

A saída é concedida para que os detentos possam estudar ou visitar a família sob certas condições. Os presos em saídas temporárias não podem frequentar bares, boates, embriagar-se ou praticar qualquer outro ato que seja falta grave, como por exemplo, a prática de delitos.

Além disso, o detento deve permanecer no endereço durante o período noturno. O detento que for flagrado praticando crimes, ou então não comparecer na data e horário de retorno previstos terá o benefício suspenso e retornará imediatamente ao presídio.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-promove-segunda-semana-de-profissoes-em-escola-do-morrinhos

Prefeitura de Guarujá

Guarujá promove segunda Semana de Profissões em escola do Morrinhos

Entre os dias 18 e 22 de setembro, os estudantes do 9° ano da unidade Professora Maria Aparecida Ramos Camargo conhecerão mais sobre temas como Porto e Direito A Prefeitura de Guarujá está incentivando o despertar da futura carreira dos jovens da rede municipal de ensino. Na Escola Municipal Professora Maria Aparecida Ramos Camargo, no Morrinhos IV, entre os dias 18 e 22 de setembro, acontece a segunda Semana de […]

today14 de setembro de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%