G1 Mundo

Satélite indica que Coreia do Norte demoliu monumento que simbolizava união com a Coreia do Sul

today24 de janeiro de 2024 9

Fundo
share close

O “Monumento às Três Cartas para a Reunificação Nacional”, também conhecido como “Arco da Reunificação”, foi concluído no início dos anos 2000 após um encontro histórico entre as duas Coreias.

O arco tinha 30 metros de altura e simbolizava a autossuficiência, a paz e a cooperação nacional, segundo registros do governo sul-coreano. O monumento tinha duas mulheres, que seguravam juntas o mapa da Península da Coreia.

De acordo com a reportagem do site “NK News”, uma imagem feita pelo satélite no dia 19 de janeiro indicava que o monumento ainda estava em pé.



No dia 15 de janeiro, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, chamou o monumento de “monstruoso”. Durante discurso na Assembleia Popular Suprema, ele ordenou que a Constituição do país passasse a classificar a Coreia do Sul como “inimigo primário”.

Recentemente, a Coreia do Norte fechou agências governamentais que trabalhavam para promover a cooperação e a reunificação com a Coreia do Sul. No fim de 2023, o país também derrubou um acordo de 2018 que tinha como objetivo diminuir tensões militares na região.

A Península da Coreia enfrenta uma escalada de tensões nos últimos meses. As relações entre Coreia do Sul e Coreia do Norte se deterioraram nos últimos anos, fazendo com que exercícios militares na região se tornassem mais frequentes.

Enquanto a Coreia do Sul tem feito ações militares em parceria com os Estados Unidos e com o Japão, a Coreia do Norte tem dado sinais de que está se preparando para uma guerra.

Recentemente, a irmã de Kim Jong-un, Kim Yo-jong, afirmou que qualquer provocação de um inimigo resultaria em uma resposta com “batismo de fogo”.

Entre os dias 5 e 7 de janeiro, a Coreia do Norte fez disparos em uma região de fronteira marítima com a Coreia do Sul. Os tiros de artilharia fizeram com que a Coreia do Sul pedisse para que moradores de ilhas da região buscassem por abrigos.

VÍDEOS: mais assistidos do g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

justica-do-df-aciona-interpol-para-ajudar-a-trazer-de-volta-ao-brasil-gemeas-levadas-ao-libano-pelo-pai

G1 Mundo

Justiça do DF aciona Interpol para ajudar a trazer de volta ao Brasil gêmeas levadas ao Líbano pelo pai

As meninas, atualmente com 5 anos, não entendem mais o que a mãe fala em português, e os encontros, por meio de chamada de vídeo, são cada vez mais raros. Em 2023, elas se comunicaram apenas quatro vezes ao longo de todo o ano. A Justiça do DF deu decisão favorável à mãe sobre a guarda unilateral das meninas, mas a ação não pode ser executada no Líbano, por não […]

today24 de janeiro de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%