G1 Mundo

‘Se eles decidirem me matar, é porque somos incrivelmente fortes’, diz Navalny em documentário que ganhou o Oscar

today16 de fevereiro de 2024 1

Fundo
share close

Alexei Navalny era um dos principais opositores ao presidente russo Vladimir Putin e morreu nesta sexta-feira (16) em uma prisão na Rússia. Ainda não está claro se Navalny morreu ou foi assassinado. Sua mulher disse não acreditar totalmente que ele esteja morto.


Não está claro se Navalny morreu ou foi assassinado — Foto: Pavel Golovkin/AP Photo/picture alliance



“A minha mensagem na situação da minha morte é simples: não desistir. Escutem, tenho algo óbvio para dizer, vocês não podem desistir. Se eles decidirem me matar, é porque somos incrivelmente fortes”.

Ele também diz que seus apoiadores precisam usar a força, para não desistir, “para lembrar que temos poder, que somos oprimidos pelos maus. Não percebemos a força que temos. O necessário para o triunfo do mal é que os bons não façam nada. Então, não fiquem inativos”.

O documentário, produzido pela CNN e lançado em 2022, conta a história de como Navalny se tornou um dos principais líderes da oposição russa, como supostamente tentaram assassiná-lo e quais foram as saídas para ele conquistar apoio da população.

Não está claro se Navalny morreu ou foi assassinado.

A mulher de Navalny disse não acreditar totalmente na morte do marido.

Quem foi Alexei Navalny, principal opositor de Putin que morreu na prisão

Quem foi Alexei Navalny, principal opositor de Putin que morreu na prisão




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

maduro-age-na-‘contramao’-de-acordo-sobre-eleicoes,-avaliam-diplomatas-brasileiros

G1 Mundo

Maduro age na ‘contramão’ de acordo sobre eleições, avaliam diplomatas brasileiros

Diplomatas do Brasil ouvidos pela GloboNews nesta sexta-feira (16) avaliaram, na condição de anonimato, que o presidente venezuelano Nicolás Maduro está "esticando a corda" e agindo na "contramão" do acordo que prevê, entre outros pontos, eleições no país neste ano e a libertação de opositores presos. Nesta quinta (15), o ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Yvan Gil, informou que funcionários do Alto Comissariado de Direitos da Organização das Nações […]

today16 de fevereiro de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%