G1 Mundo

Secretário-geral da Repórteres Sem Fronteiras morre aos 53 anos

today9 de junho de 2024 3

Fundo
share close

O secretário-geral da Repórteres Sem Fronteiras (RSF), Christophe Deloire, morreu neste sábado (8), aos 53 anos, vítima de “um câncer fulminante”, anunciou a organização de defesa da liberdade de imprensa.

Deloire “transformou a RSF em uma campeã da defesa do jornalismo durante 12 anos”, afirmou a ONG em um comunicado transmitido à agência AFP. Ele estava no cargo de secretário-geral da RSF desde 2012.

Durante sua gestão da Repórteres Sem Fronteiras, Deloire negociou a libertação de jornalistas presos ao redor do mundo e ofereceu refúgio a repórteres sob ameaça.



A ONG disse ainda que Deloire foi “um defensor incansável, em todos os continentes, da liberdade, da independência e do pluralismo do jornalismo, em um contexto de caos informativo. (…) O jornalismo foi a luta da sua vida, na qual trabalhou com convicção inabalável”.

Fundada por quatro jornalistas em 1985 em Montpellier, no sul da França, a Repórteres Sem Fronteiras se tornou uma referência na defesa da liberdade de imprensa e do direito à informação no mundo.

A organização detecta e denuncia obstáculos à liberdade de informação e ajuda jornalistas presos ou ameaçados de diversas formas (assistência jurídica, empréstimo de coletes à prova de balas, subsídios, cobranças a governos e instituições).

Desde 2002, a ONG publica um relatório anual sobre os abusos cometidos contra jornalistas em 180 países, denominado “classificação mundial da liberdade de imprensa”.

Deloire, que dirigiu uma das grandes escolas de jornalismo de Paris e trabalhou durante anos nos meios de comunicação locais, exigiu, entre outros casos, a verdade sobre o assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi em Istambul e denunciou os contínuos ataques à liberdade de imprensa na Rússia.

O secretário-geral ajudou a jornalista russa Marina Ovsiannikova a fugir da Rússia em uma operação secreta em 2022, depois que ela foi alvo de críticas por denunciar a guerra na Ucrânia ao vivo na televisão.

A RSF descreveu o presidente russo, Vladimir Putin, e o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, como “predadores” da liberdade de imprensa. Deloire também alertava frequentemente sobre o aumento da violência contra jornalistas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

corpo-achado-em-ilha-grega-e-do-apresentador-britanico-michael-mosley,-segundo-esposa;-video

G1 Mundo

Corpo achado em ilha grega é do apresentador britânico Michael Mosley, segundo esposa; VÍDEO

O corpo foi avistado por um barco de equipes de resgate em uma costa rochosa da ilha, segundo a polícia local. Após ser analisado por um legista, o corpo foi retirado do local em um barco da marinha grega por volta das 8h45 (horário de Brasília) e está indo para Rodes, onde será identificado de forma oficial, segundo o prefeito. (Veja no vídeo acima) O médico Michael Mosley, apresentador da […]

today9 de junho de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%